Estado norte-americano de Dakota do Sul executa primeiro prisioneiro desde 2012

Estado norte-americano de Dakota do Sul executa primeiro prisioneiro desde 2012

As autoridades de Dakota do Sul procederam na segunda-feira à execução de um prisioneiro condenado à pena capital pelo homicídio de um guarda, a primeira naquele estado norte-americano nos últimos seis anos.

A execução de Rodney Berget, de 56 anos, que chegou a estar suspensa durante horas, foi a quarta desde que o estado reinstituiu a pena de morte no final dos anos 1970 e a primeira desde 2012.

De acordo com a agência noticiosa Associated Press (AP), a execução, programada para as 13h30 (18:30 em Lisboa), foi suspensa por ordem do Supremo Tribunal que esteve a avaliar um recurso de última hora.

Rodney Berget foi condenado pelo homicídio de um guarda prisional, em 2011, durante uma tentativa de fuga da prisão. À época, o prisioneiro já cumpria uma pena de prisão perpétua.

Segundo a AP, as autoridades de Dakota do Sul não têm sido confrontadas com a escassez de fármacos para as injeções letais, como acontece noutros estados norte-americanos, porque os legisladores aprovaram em 2013 regulamentação que protege a identidade dos fornecedores.

FST // JMC

By Impala News / Lusa

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Estado norte-americano de Dakota do Sul executa primeiro prisioneiro desde 2012

As autoridades de Dakota do Sul procederam na segunda-feira à execução de um prisioneiro condenado à pena capital pelo homicídio de um guarda, a primeira naquele estado norte-americano nos últimos seis anos.