Esquentador na origem da intoxicação por gás que causou duas mortes em Portalegre

Uma fuga de gás na instalação de um esquentador antigo terá estado na origem da intoxicação que provocou hoje a morte de dois homens numa casa na freguesia de Urra, concelho de Portalegre.

Esquentador na origem da intoxicação por gás que causou duas mortes em Portalegre

Esquentador na origem da intoxicação por gás que causou duas mortes em Portalegre

Uma fuga de gás na instalação de um esquentador antigo terá estado na origem da intoxicação que provocou hoje a morte de dois homens numa casa na freguesia de Urra, concelho de Portalegre.

Uma fuga de gás na instalação de um esquentador antigo terá estado na origem da intoxicação que provocou hoje a morte de dois homens numa casa na freguesia de Urra, concelho de Portalegre, revelou à Lusa fonte policial. De acordo com a fonte da Polícia Judiciária (PJ), a fuga de gás butano terá ocorrido, durante a noite, na instalação de um esquentador antigo que se encontrava na habitação, que era alugada.

A mesma fonte adiantou à agência Lusa que ainda não foi determinado se a fuga de gás ocorreu no próprio esquentador, na botija ou no sistema de ligação. A fonte da PJ afastou, para já, a hipótese de crime, indicando que tudo aponta para que tenha sido um acidente.

Os dois homens, de nacionalidade portuguesa, que morreram devido a inalação de gás butano tinham 35 e 48 anos e trabalhavam na construção civil na zona do Crato, também no distrito de Portalegre, disse à Lusa fonte dos bombeiros.

Além das duas vítimas mortais, outros dois homens, de 21 e 37 anos, que estavam na mesma habitação, sofreram ferimentos e foram transportados para o hospital da cidade, indicou o segundo comandante dos bombeiros de Portalegre, Jorge Marques.

O porta-voz da Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano, Ilídio Pinto Cardoso, adiantou à Lusa que um dos feridos vai ser transferido de Portalegre para o Hospital das Forças Armadas, em Lisboa, para tratamento numa câmara hiperbárica.

De acordo com o segundo comandante dos bombeiros de Portalegre, os quatro homens, oriundos da zona de Alcobaça (Leiria), eram os únicos moradores na habitação, situada na rua de Portalegre, na freguesia de Urra, a cerca de quatro quilómetros da cidade alentejana.

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Portalegre adiantou à Lusa que o alerta para o incidente foi dado às 07:16.

No local estiveram quatro operacionais dos bombeiros de Portalegre, apoiados por duas ambulâncias, uma Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) do hospital de Portalegre e elementos da GNR.

LEIA MAIS

Português assassinado por 4 adolescentes em Londres

Campeão olímpico de karaté morre aos 18 anos

Previsão do tempo para quarta-feira, 19 de junho

 

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS