Espanha já será o país com mais casos de vírus dos macacos em todo o mundo

A Direção-Geral de Saúde já aconselhou a quem possuir qualquer um destes sintomas a procurar aconselhamento clínico.

Espanha já será o país com mais casos de vírus dos macacos em todo o mundo

Espanha já será o país com mais casos de vírus dos macacos em todo o mundo

A Direção-Geral de Saúde já aconselhou a quem possuir qualquer um destes sintomas a procurar aconselhamento clínico.

Espanha já será o país que tem mais casos de varíola dos macacos em todo o mundo. De acordo com o  La Vanguardia e com o El País, Espanha já tem 30 casos confirmados, sendo que 23 já foram confirmados esta sexta-feira. Há ainda 19 suspeitos.

Varíola dos macacos e o medo de uma nova pandemia

Nos últimos dias, a nova doença viral varíola dos macacos tem feito notícia e levantando inúmeras questões. Fabiano de Abreu Agrela, biólogo, ajuda a retirar dúvidas (…continue a ler aqui)

Mais de metade dos casos positivos de Monkeypox (21) estão localizados em Madrid e os restantes têm localização desconhecida, conforme indica a imprensa espanhola. Até ao momento, todos os casos confirmados são homens. Os 19 casos suspeitos estão também localizados na capital de Espanha.

Em Portugal, até ao momento, foram confirmados 23 casos positivos do vírus. A Alemanha é o mais recente país da Europa a confirmar casos da doença, com um caso positivo.  A Direção-Geral de Saúde já aconselhou a quem possuir qualquer um destes sintomas a procurar aconselhamento clínico.

Varíola dos macacos manifesta-se através de lesões na pele

O vírus Monkeypox (varíola dos macacos ou vírus dos macacos) manifesta-se através de lesões idênticas às da varicela. Os principais sintomas são lesões como úlceras, erupção cutânea, gânglios palpáveis, eventualmente acompanhados de febre, arrepios, dores de cabeça, cansaço e também dores musculares.

Monkeypox é do género Ortopoxvírus e a doença é transmissível através de contacto com animais, materiais contaminados ou contactos próximos com pessoas infetadas. A infeção foi detetada pela primeira vez num ser humano em 1970.

Impala Instagram


RELACIONADOS