Engoliu uma colher numa aposta e quase perdeu a vida

Fez uma aposta e engoliu uma colher. A brincadeira quase lhe custou a vida. O talher ficou alojado no esófago durante mais de um ano e levou a uma infeção grave.

Zhang, de 26 anos, natural de Urumchi, na China, engoliu uma colher e passou longos meses com o talher no organismo, sem nunca procurar ajuda médica. O jovem ficou com o objeto no corpo depois de uma aposta com os amigos, numa noite de bebedeira. O objetivo era engolir a colher, atada a um fio, e puxá-la depois.

FERIADO E ‘PONTE’: Conheça a previsão do tempo para todas as cidades portuguesas

Contudo, o fio que prendia o objeto partiu-se e a colher acabou por não ser retirada. Apesar de se tratar de uma situação grave, Zhang não sentiu mal-estar nesse dia, nem no ano seguinte. Há apenas uma semana, o homem começou a sentir muitas dores no peito, depois de uma pequena queda. Acabou por ingressar nas urgências, sem dizer que tinha uma colher de 20 centímetros algures no corpo.

Os médicos fizeram uma radiografia e descobriram que o homem engoliu uma colher

A equipa médica decidiu fazer uma radiografia e percebeu que existia um objeto no esófago. Na radiografia, é possível ver, com clareza, a colher. «O esófago estava infetado de forma grave. Algumas horas mais e teria deixado de respirar. É, para nós, um mistério que não tenha tido dores durante tanto tempo e que o quadro não se tenha agravado mais cedo», explica fonte do Hospital de Xinjiang aos órgãos de comunicação social.

LEIA MAIS: Menina autista confunde noiva com Cinderela [vídeo]

A equipa médica conseguiu evitar uma operação complicada. Zhang fi anestesiado e submetido a uma endoscopia. «Trabalhamos várias horas para extrair o objeto sem causar danos em outros órgãos. A nossa preocupação era causar uma perfuração, que seria mortal. Felizmente, tudo correu bem», contou a mesma fonte do Hospital de Xinjiang. A optação teve lugar no passado dia 24 de outubro e o jovem ainda se encontra internado.

LEIA MAIS: Empregada de Kate e William despede-se por excesso de trabalho

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS