Empresário mata a filha, a mulher e suicida-se

Empresário mata a filha, a mulher e suicida-se

O empresário matou a mulher e a filha à facada e cometeu suicídio logo em seguida, na madrugada de sábado, em Minas Gerais, no Brasil.

Caso de duplo assassinato seguido de suicídio aconteceu na madrugada deste sábado, 17 de novembro. O assassinato de mulher e filha, seguido de suicídio está a chocar Araguari, em Minas Gerais, no Brasil. O empresário Thiago José de Aquino Marques, de 38 anos, matou a mulher, a médica Mariana Barbosa Paranhos, de 33 anos, e a filha do casal, Valentina (cuja idade não foi revelada).

LEIA MAIS: Previsão do tempo para segunda-feira, 19 de novembro de 2018

De acordo com a Polícia Militar, o chocou propositadamente com o carro contra o muro de duas casas, mas a mulher conseguiu escapar. Thiago tentou atropelá-la, mas Mariana conseguiu saltar um muro para escapar à morte. Foi, porém, perseguida pelo marido, que lhe desferiu 12 facadas mortais. De acordo ainda com o relatório policial, o empresário estava «transtornado, a gritar e golpeou-se quatro vezes com a mesma faca» com que assassinou a Mariana. A filha do casal foi «encontrada com uma facada no abdómen no interior do veículo». Valério Ferreira da Cunha Neto, de 23 anos, morador do local onde ocorreu o crime, testemunhou o caso.

Empresário «tentou atropelar» a mulher

«Antes de sair do carro, ele já estava a gritar com ela», descreve a testemunha. «Ela conseguiu sair» do veículo e «gritou socorro várias vezes, muito alto». Thiago «tentou atropelá-la, mas como ela saltou um muro pequeno de uma casa, ele correu atrás dela e matou-a». O homem «estava transtornado», revelava «ódio muito grande e só vimos que a criancinha estava no carro morta quando a Polícia Militar chegou», testemunha Valério Neto.

LEIA MAIS: PJ investiga morte de cinco pessoas que deixou aldeia de Sabrosa consternada

A Polícia suspeita de que a criança tenha sido «a primeira a ser atingida». A criança e o homem «chegaram a ser assistidos, mas morreram assim que chegaram ao hospital». A mulher do empresário «morreu no local». A Polícia desconhece «os motivos do crime» e «continuará a investigar o caso».

LEIA MAIS: Como evitar a intoxicação por monóxido de carbono

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS