Eletrocutada quando carregador do telemóvel tocou no colar [fotos]

Adolescente foi eletrocutada e ficou com queimaduras graves no pescoço depois de um incidente com o carregador do telemóvel.

Eletrocutada quando carregador do telemóvel tocou no colar [fotos]

Adolescente foi eletrocutada e ficou com queimaduras graves no pescoço depois de um incidente com o carregador do telemóvel.

Uma jovem, de 19 anos, sofreu queimaduras de segundo grau quando a ponta do carregador do seu telemóvel tocou acidentalmente no colar que tinha pendurado ao pescoço. A adolescente estava deitada na cama, com o carregador ligado ao telefone. Sentiu um ardor repentino no pescoço e arrancou o fio, mas não conseguiu evitar as graves queimaduras depois de ser eletrocutada. O caso teve lufar no Michigan, Estados Unidos da América.

LEIA DEPOIS
Bebé de 3 caído em esgoto está a salvo após intervenção do pai [vídeo]

Depois de eletrocutada, acabou internada dois dias

A jovem foi encaminhada para um hospital onde esteve internada dois dias para tratar as queimaduras sofridas. Terá de ser submetida a uma cirurgia estética para tentar disfarçar as marcas do acidente. O caso levantou questões sobre as coberturas dos seguros das empresas de telecomunicações. Os acidentes com telemóveis têm-se multiplicado, mas as empresas recusam-se a indemnizar os utilizadores alegando avisos sobre os cuidados a ter com os aparelhos. Os pais da jovem estão a pedir fundos para poder pagar a cirurgia da filha, mas até agora só conseguiram juntar 20 mil dólares, precisando de cerca de 125. O seguro de saúde da família não cobre a despesa da cirurgia. A seguradora alega que deve ser a empresa de telecomunicações a pagar.

LEIA MAIS
Morreu criança que caiu em santuário de Espanha
Emagrece 266 quilos e consegue voltar a andar [vídeo]

Impala Instagram


RELACIONADOS