Queda de grua de grandes dimensões sobre habitação de duas estudantes universitárias Porto

Queda de grua de grandes dimensões sobre habitação de duas estudantes universitárias Porto

Segundo o comandante dos Sapadores Bombeiros do Porto há ainda quatro pessoas que foram assistidas no local pelo INEM, mas sem necessidade de serem transportadas ao hospital.

A queda da grua de grande porte hoje ocorrida na Rua da Torrinha, no Porto, destruiu parte do telhado de uma habitação onde residiam duas estudantes que terão de ser realojadas. A informação é do segundo o comandante dos Sapadores Bombeiros do Porto. Diz o responsável que mais quatro pessoas foram assistidas no local pelo INEM. Não houve, porém, necessidade de serem transportadas ao hospital. Um dos feridos é um bombeiro que «sofreu um pequeno corte numa mão», e as outras três pessoas sofreram crises de ansiedade, devido ao «susto» que apanharam.

«A ponta da lança» da grua atingiu o telhado do prédio de habitação, onde residiam as duas estudantes

Em declarações aos jornalistas, Carlos Marques explicou que a infraestrutura caiu sobre uns armazéns desativados, mas «a ponta da lança» da grua atingiu o telhado do prédio de habitação, onde residiam as duas jovens universitárias. «Neste momento estamos a avaliar as condições para em breve ser retirada a grua e estabelecermos as condições de habitabilidade», referiu. Salientou também que «os trabalhos deverão prolongar-se por todo o dia». A grua caiu cerca das 08h30, mas as circunstâncias em que o incidente ocorreu ainda estão a ser apuradas.

LEIA MAIS

Previsão do tempo para segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

Adolescente de 14 anos sacrifica a vida para salvar a da amiga

Mãe morre mas antes atira bebé pela janela para salvá-lo de um incêndio

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Queda de grua de grandes dimensões sobre habitação de duas estudantes universitárias Porto

Segundo o comandante dos Sapadores Bombeiros do Porto há ainda quatro pessoas que foram assistidas no local pelo INEM, mas sem necessidade de serem transportadas ao hospital.