Dois terramotos voltam a abalar província de Sichuan, no sudoeste da China

Dois terramotos de 6 e 5,8 graus na escala de Richter voltaram hoje a sacudir a província de Sichuan, no sudoeste da China, não havendo informação de qualquer vítima mortal, avançou a imprensa estatal.

Dois terramotos voltam a abalar província de Sichuan, no sudoeste da China

Dois terramotos voltam a abalar província de Sichuan, no sudoeste da China

Dois terramotos de 6 e 5,8 graus na escala de Richter voltaram hoje a sacudir a província de Sichuan, no sudoeste da China, não havendo informação de qualquer vítima mortal, avançou a imprensa estatal.

O primeiro terramoto, de 5,8 graus, ocorreu às 00:03 na hora local (17:03, de quinta-feira, em Lisboa) e foi seguido apenas uma hora depois por outro de 6 graus, ambos na prefeitura autónoma de Aba, segundo o Centro de Rede Sismológico da China.

O epicentro, com 13 quilómetros de profundidade, situava-se a 32,25 graus de latitude norte e 101,82 graus de longitude leste, indicou a mesma fonte.

As autoridades enviaram equipas de resgate, incluindo 750 bombeiros, e ativaram a resposta de emergência regional de nível 3 e a resposta nacional de nível 4, informou a agência noticiosa oficial Xinhua.

Até ao momento não foram divulgadas informações sobre danos materiais.

Na semana passada, um terramoto de magnitude 6,1 na vila de Lushan, na mesma província, deixou quatro mortos e 14 feridos. Em 2013, a mesma vila sofreu um terramoto de magnitude 7 que deixou 193 mortos e 12.200 feridos.

As regiões do sudoeste da China são áreas propensas a terramotos, devido ao atrito das placas tectónicas asiáticas e indianas. Milhares de pessoas morreram naquelas regiões, devido a terramotos, nas últimas décadas.

Em maio de 2008, um terramoto de magnitude 7,9 fez cerca de 87 mil mortos, na mesma província.

JPI // CAD

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS