Dois rapazes já saíram da caverna na Tailândia e foram transportados para o hospital

Dois rapazes já saíram da caverna na Tailândia e foram transportados para o hospital

Dois dos primeiros quatros rapazes resgatados da parte inundada da gruta na Tailândia, a zona mais perigosa, já saíram para o exterior e foram transportados para o hospital, confirmou o Ministério da Defesa local.

Dois dos primeiros quatros rapazes resgatados da parte inundada da gruta na Tailândia, a zona mais perigosa, já saíram para o exterior e foram transportados para o hospital, confirmou este domingo o Ministério da Defesa local.

«Dois já estão fora da gruta. Os outros dois deverão sair em breve», anunciou, em declarações à agência francesa AFP, o porta-voz do Ministério da Defesa, Kongcheep Tantrawanit.

A operação de retirada de 12 jovens, com idades entre os 11 e os 16 anos, e do seu treinador de futebol, de 25 anos, presos numa gruta inundada no norte da Tailândia há 15 dias, começou hoje.

Os rapazes e o seu treinador foram explorar a gruta depois de um jogo de futebol no passado dia 23 de junho.

As inundações resultantes das monções bloquearam-lhes a saída e impediram que as equipas de resgate os encontrassem durante nove dias, já que a única maneira de chegar até ao local onde se encontram era mergulhando através de túneis escuros e estreitos, cheios de água turva e correntes fortes.

Nos últimos dias, as autoridades têm estudado a melhor forma para resgatar o grupo.

 


RELACIONADOS

Dois rapazes já saíram da caverna na Tailândia e foram transportados para o hospital

Dois dos primeiros quatros rapazes resgatados da parte inundada da gruta na Tailândia, a zona mais perigosa, já saíram para o exterior e foram transportados para o hospital, confirmou o Ministério da Defesa local.