Dois mortos e um desaparecido arrastados por rio no centro de Moçambique

Duas pessoas morreram e outra desapareceu no domingo quando a viatura em que seguiam foi arrastada pela subida de caudal do rio Mossurize, na província de Manica, centro de Moçambique, anunciaram hoje as autoridades distritais.

Dois mortos e um desaparecido arrastados por rio no centro de Moçambique

Dois mortos e um desaparecido arrastados por rio no centro de Moçambique

Duas pessoas morreram e outra desapareceu no domingo quando a viatura em que seguiam foi arrastada pela subida de caudal do rio Mossurize, na província de Manica, centro de Moçambique, anunciaram hoje as autoridades distritais.

As autoridades estão a realizar buscas desde a tarde de domingo e já resgataram com vida outras cinco pessoas que seguiam no veículo.

Também já foram recuperados dois corpos, prosseguindo os trabalhos para encontrar a terceira pessoa levada pelas águas.

O administrador do distrito de Mossurize, Fernando Samuel, referiu à Rádio Moçambique que a viatura viajava desde Machaze para a sede de distrito que dirige.

A chuva forte das últimas semanas tem alimentando os caudais dos rios do centro de Moçambique.

Entre os meses de outubro e abril, o país é ciclicamente atingido por ventos ciclónicos oriundos do Índico e por cheias com origem nas bacias hidrográficas da África Austral, além de secas que afetam quase sempre alguns pontos do sul do país.

O período chuvoso de 2018/2019 foi dos mais severos de que há memória em Moçambique: 714 pessoas morreram, incluindo 648 vítimas de dois ciclones (Idai e Kenneth) que se abateram sobre o país.

LFO // LFS

Lusa/Fim

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS