Dois ataques à facada em menos de trinta minutos

Homem de 42 anos esfaqueou uma pessoa na Baixa de Lisboa e outra em Caneças. Ataques sem motivo aparente levaram a grande mobilização das autoridades.

Dois ataques à facada em menos de trinta minutos

Dois ataques à facada em menos de trinta minutos

Homem de 42 anos esfaqueou uma pessoa na Baixa de Lisboa e outra em Caneças. Ataques sem motivo aparente levaram a grande mobilização das autoridades.

Em apenas meia hora, um homem de 42 anos esfaqueou uma pessoa na Baixa de Lisboa e outra em Caneças, Odivelas. Os ataques foram realizados sem motivo aparente, levando assim a uma grande mobilização das autoridades.

O agressor acabou por ser detido pela PSP mais de 48 horas depois, novamente no centro da capital, quando já haviam sido emitidos mandados de detenção. O homem atacou a vítima com uma faca de cozinha de grandes dimensões, atingindo-a no pescoço, na cara e no tronco. Trinta minutos depois da primeira agressão, o mesmo homem entrou num restaurante em Caneças, no concelho de Odivelas, e atacou o proprietário da mesma forma. Usou novamente uma faca de grandes dimensões, desferindo golpes no tronco e na face da vítima. Ambos os agredidos precisaram de receber tratamento hospitalar, mas já tiveram alta médica.

De acordo com a PSP, tendo em consideração a violência e aleatoriedade dos ataques, havia o risco de o suspeito entrar numa espiral de violência e, como tal, foram mobilizados vários operacionais para o intercetar, o que acabou por acontecer às 21h35 de quinta-feira.

Tal como escreve o Correio da Manhã, o homem passou a noite nos calabouços do Comando Metropolitano de Lisboa e foi presente a tribunal  – indiciado por dois crimes de tentativa de homicídio – para primeiro interrogatório judicial. Ficou em prisão preventiva.

LEIA MAIS
A proposta milionária que Cristiano Ronaldo decidiu recusar

 

Impala Instagram


RELACIONADOS