1. HOME >
  2. NOTICIAS >
  3. PORTUGAL E O MUNDO

Anda de terra em terra a doar esperma e já é pai de 79 bebés

Há cinco anos que doa esperma para ajudar famílias com problemas de fertilidade. Já é pai de 79 e vêm mais 14 a caminho.

Há um homem que dedica a vida a viajar de terra em terra em Inglaterra com a sua carrinha para doar esperma. Há cinco anos que ajuda famílias com problemas de fertilidade. Clive não ajuda apenas casais heterossexuais, mas também homossexuais e mulheres solteiras que queiram ser mães. O homem, que decidiu não revelar o apelido, é casado e professor de matemática reformado.

LEIA MAIS: Noiva traída lê mensagens do noivo para a amante em pleno altar

Tem três filhos e nove netos. Desde que optou por doar esperma, já foi pai de 79 crianças e estão 14 por nascer. O ex-docente tentou ser doador mediante os meios regulares através de uma clínica especializada. Contudo, foi rejeitado por causa da idade. Frustrado por não poder ajudar, pôs um anúncio na rede social Facebook a oferecer a ajuda. Em menos de nada, recebeu dezenas de mensagens.

Usa a carrinha para ejacular e armazena o esperma numa seringa, que mantém quente debaixo do braço

Clive viaja desde a sua casa, em Burton, até à casa das pessoas que recorrem aos seus serviços. O homem usa a parte de trás da carrinha para ejacular. Armazena o esperma numa seringa, que mantém quente debaixo do braço, até entregá-la aos destinatários. Antes da entrega, conversa um pouco com as pessoas para «quebrar o gelo». Contudo, segundo explica, «ninguém tem interesse em estabelecer uma relação de amizade». «O objetivo não é criar qualquer laço emocional, pois não seria positivo para nenhuma das partes. O que quero é apenas ajudar quem não tem dinheiro para pagar por esperma», justifica. O facto de levar a cabo o seu objetivo numa carrinha, conta, também o ajuda a «ter menos apego emocional».

LEIA MAIS: Amélia Fialho ia deixar herança a instituição. Diana matou a mãe para ficar com o dinheiro

A mulher de Clive não concorda com a nova vida do marido. Mas não deu por terminada a relação de várias décadas, pois sabe que o marido o faz para «ajudar quem tem o sonho de ter filhos». «Ela não concorda, mas aceita. Gosto de poder ajudar e a felicidade que levo às pessoas não tem preço. Os meus filhos são o meu bem mais precioso e acredito que a dor de não conseguir ser pai ou mãe deve ser das mais duras para o ser humano», conclui. Apesar do gesto altruísta, Clive pode vir a ser considerado legalmente pai biológico das crianças e ter de as assumir. Isto porque a lei inglesa apenas reconhece a doação quando esta tem lugar em clínicas especializadas.

LEIA MAIS: Actor pornográfico preso após matar à facada por engano

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS