Dizem ser polícias para raptar ‘mula de droga’

Os homens que apareceram na pensão eram os donos da droga.

Dizem ser polícias para raptar 'mula de droga'

Dizem ser polícias para raptar ‘mula de droga’

Os homens que apareceram na pensão eram os donos da droga.

Três homens entraram numa pensão, em Lisboa, dizendo tratar-se da «Polícia Judiciária do aeroporto». Os homens procuravam uma mulher brasileira que os três raptaram. De acordo com o Correio da Manhã, a mulher era uma ‘mula de droga’ oriunda do Brasil com 80 cápsulas de cocaína no organismo. Os homens que apareceram na pensão eram os donos da droga. A dona da pensão ficou assustada e confusa e deslocou-se ao piqueta da PJ para dar o alerta.

Segundo a mesma publicação, a Unidade Nacional Contraterrorismo da PJ começou a investigar. As autoridades apuraram que a droga tinha chegado a Lisboa num voo proveniente do Brasil. A mulher foi para a pensão, combinada pelos homens, onde foi raptada quando já tinha expelido parte da droga.

A mulher foi maltratada e agredida e acabou por ser abandonada pelos homens depois de ter liberado o resto da droga. Foi também assaltada. A vítima já regressou ao Brasil. Dois dos raptores foram detidos e três traficantes também.

 

LEIA MAIS

Meteorologia: Previsão do tempo para quinta-feira, 1 de outubro

 

Impala Instagram


RELACIONADOS