Divulgada foto censurada do ‘OVNI mais espetacular’ de sempre

Dois jovens cozinheiros de um hotel nas montanhas da Escócia registaram o OVNI, mas o ministério da Defesa obrigou-os a guardarem segredo por 32 anos.

Divulgada foto censurada do ‘OVNI mais espetacular’ de sempre

Dois jovens cozinheiros de um hotel nas montanhas da Escócia registaram o OVNI, mas o ministério da Defesa obrigou-os a guardarem segredo por 32 anos.

Um oficial reformado da Força Aérea do Reino Unido quebrou o silêncio de 32 anos e revelou uma foto de um OVNI – Objeto Voador Não Identificado – tirada em agosto de 1990 por dois jovens cozinheiros nos céus da Escócia. A foto original do disco voador, censurada durante mais de três décadas, foi divulgada agora pelo Ministério da Defesa, mas o governo quer que os nomes das testemunhas permaneçam secretos mais 54 anos – até 2076 – e alega “preocupações com a privacidade”.

Craig Lindsay tem hoje com 83 anos e foi o primeiro a falar com um dos jovens. A foto foi descrita por um funcionário do Ministério da Defesa do Reino Unido como “a mais espetacular foto de um OVNI já feita”, uma espécie de Santo Graal que“comprovaria a existência destes objetos espaciais. “Quando Craig me mostrou a fotografia, eu sabia que estava a ver algo excecional. Não sou teórico da conspiração, mas aquilo era claramente algo diferente”, declarou David Clarke, especializado em avistamentos de objetos voadores não identificados.

A veracidade da foto do OVNI

Andrew Robinson, professor de Fotografia na Sheffield Hallam University, diz estar convencido de que a foto é genuína. Se fosse uma farsa, altamente elaborada, acrescentou, “envolveria equipamentos caros e sofisticados e modelos voadores, não à disposição de dois cozinheiros que registaram o objeto”, considerou.

“A minha conclusão é a de que o objeto está definitivamente na frente da câmara, ou seja, não é uma falsificação produzida em pós-produção e a sua posição na imagem parece estar aproximadamente a meio caminho entre a cerca no primeiro plano e o avião ao fundo”, afirmou.

O momento em que a imagem foi registada

Em 4 de agosto de 1990, dois jovens trabalhavam como cozinheiros num hotel em Pitlochry, nas montanhas de Perthshire, nos arredores do Parque Nacional Cairngorms, na Escócia, e não sabiam que estavam prestes a fazer um registo venerado por ufólogos de todo o mundo. Às 21h00, depois de um longo dia na cozinha, resolveram fazer uma caminhada para descontraírem. De repente, pararam: diante deles estava “um objeto enorme, sólido, em forma de diamante, com cerca de 30 metros de comprimento, a pairar silenciosamente no céu”. Esconderam-se atrás de arbustos e fotografaram o objeto, que estaria a “ser perseguido por um caça”.

Impala Instagram


RELACIONADOS