Discussão com motorista de autocarro provoca acidente e faz 15 mortos

Discussão com motorista de autocarro provoca acidente e faz 15 mortos

Uma discussão entre o motorista e uma passageira de um autocarro que atravessava uma ponte na China causou a queda do veículo num rio de que resultou a morte de 15 pessoas, anunciou esta sexta-feira a polícia.

As imagens da câmara de segurança, divulgadas pelas autoridades para explicar o acidente do passado domingo, mostram uma mulher a dar um golpe na cabeça do motorista, que por sua vez agrediu a mulher.

LEIA MAIS: Quase 500 milhões de pessoas passam fome na Ásia e Pacífico

O condutor virou então bruscamente o volante à esquerda, como revelam as imagens, fazendo com que o autocarro colidisse contra um carro antes de bater contra a barreira de segurança da ponte que passa sobre o rio Yangtsé, na municipalidade de Chongqing, na região sudoeste do país.

Das 15 pessoas que se encontravam a bordo do veículo, apenas 13 corpos foram encontrados no rio até agora.

Segundo a polícia, citada pela Agência France-Presse, uma passageira de 48 anos chamada Liu terá pedido ao motorista para parar e abrir as portas, depois de se ter esquecido de sair, na anterior paragem.

Com a recusa do homem, os dois trocaram insultos antes da disputa subir de tom.

Depois do acidente, os agentes de socorro enviaram mais de 70 embarcações, mergulhadores e robôs submarinos para encontrar o autocarro naufragado e tirar os corpos da água.

“Quinze pessoas morreram no espaço de um pequeno instante. As lições deste acontecimento são muito dolorosas”, lê-se no comunicado divulgado pela polícia.

LEIA MAIS: Carro fica cortado ao meio após colisão e condutor sai ileso [fotos]

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Discussão com motorista de autocarro provoca acidente e faz 15 mortos

Uma discussão entre o motorista e uma passageira de um autocarro que atravessava uma ponte na China causou a queda do veículo num rio de que resultou a morte de 15 pessoas, anunciou esta sexta-feira a polícia.