Diretor de comunicação do Governo do Afeganistão assassinado em ataque de talibãs

O diretor do Centro de Comunicação do Governo do Afeganistão foi assassinado hoje, durante as orações em Cabul, num atentado reivindicado pelos talibãs.

Diretor de comunicação do Governo do Afeganistão assassinado em ataque de talibãs

Diretor de comunicação do Governo do Afeganistão assassinado em ataque de talibãs

O diretor do Centro de Comunicação do Governo do Afeganistão foi assassinado hoje, durante as orações em Cabul, num atentado reivindicado pelos talibãs.

Cabul, 06 ago 2021 (Lusa) — O diretor do Centro de Comunicação do Governo do Afeganistão foi assassinado hoje, durante as orações em Cabul, num atentado reivindicado pelos talibãs, anunciaram o Ministério do Interior afegão e um porta-voz dos insurgentes.

“Infelizmente, os brutais e selvagens terroristas cometeram outro ato cobarde e mataram um afegão patriótico que resistiu à propaganda inimiga (…) Dawa Khan Menapal, durante as orações de sexta-feira” na capital, disse um porta-voz do Ministério numa mensagem divulgada na plataforma WhatsApp aos meios de comunicação social, citada pela agência France-Presse.

O porta-voz talibã Zabihullah Mujahid confirmou à Associated Press que combatentes do grupo tinham matado Dawa Khan Menapal, que dirigia as operações de imprensa do Governo para os meios de comunicação locais e estrangeiros.

Muahid disse que Menapal foi “castigado pelos seus atos”, sem dar mais pormenores.

Os talibãs tinham prometido visar funcionários do Governo, depois de terem atacado, na terça-feira à noite, a casa do ministro da Defesa em Cabul.

Bismillah Khan Mohammadi escapou ileso, mas o atentado provocou 12 mortos e 22 feridos.

“Este ataque é o início de uma operação de vingança contra os tais importantes (…) funcionários da administração de Cabul, que dão ordens para bombardearem as casas dos civis, as infraestruturas públicas e que obrigam as pessoas a fugirem dos locais onde vivem e que cometem crimes nas províncias”, disse na altura o porta-voz dos talibãs.

PNG (PSP) // PMC

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS