Detido por agredir a mulher em Campo Maior. Gritos da vítima ouviam-se na rua

Homem ficou em prisão preventiva.

Detido por agredir a mulher em Campo Maior. Gritos da vítima ouviam-se na rua

Detido por agredir a mulher em Campo Maior. Gritos da vítima ouviam-se na rua

Homem ficou em prisão preventiva.

Um homem foi detido pela GNR, em Campo Maior, pelo crime de violência doméstica. De acordo com o Jornal de Notícias, as autoridades receberam um denúncia e quando chegaram ao local de residência do casal, ainda no exterior da casa, já era possível ouvir-se os gritos da vítima.

Segundo a mesma publicação, durante as diligências, os elementos da GNR encontraram sinais de agressões cometidas pelo homem, de 39 anos. A mulher, de 38 anos, apresentava vários ferimentos na nuca.

O homem foi levado pelas autoridades e ouvido no Tribunal Judicial de Elvas. Ficou em prisão preventiva.

Pena suspensa por balear vizinho

Um ex-GNR, de 71 anos, foi condenado pelo Tribunal de Guimarães a cinco anos de prisão, mas com pena suspensa, pela tentativa de homicídio de um vizinho. De acordo com o Jornal de Notícias, em agosto do ano passado, o ex-militar, José Alves não terá gostado do barulho que dois dos vizinhos faziam quando chegavam a casa e acabou por balear um deles. O Tribunal de Guimarães deu como provado que o tiro disparado por José Alves tinha intenção de matar o vizinho. LEia mais aqui.

 

LEIA AINDA
Condenado por apalpar menor em estação de metro
Viola namorada após esta recusar ter sexo
Jovem de 22 anos ficou em prisão preventiva após ter violado a companheira, 5 anos mais velha. Noutro caso a PSP deteve em flagrante delito suspeito que transportava garrafa de gasolina para incendiar casa da ex-companheira. (… continue a ler aqui)

 

Impala Instagram


RELACIONADOS