Morreu criança com dengue a quem hospital privado negou assistência

Menino de seis anos perdeu a vida vítima de dengue. Perante a falta de melhoras após ter sido assistido num hospital público, menor foi levado para o privado.

Morreu criança com dengue a quem hospital privado negou assistência

Menino de seis anos perdeu a vida vítima de dengue. Perante a falta de melhoras após ter sido assistido num hospital público, menor foi levado para o privado.

Isaac M.V., de seis anos, perdeu a vida vítima de dengue, na Colômbia. Quando os primeiros sintomas da doença começaram, os pais levaram-no a um hospital público, onde foi diagnosticado com infeção renal. Receitaram-lhe antibióticos e deram-lhe alta. Horas depois, a criança piorou. A temperatura corporal chegou aos 41 graus. Desesperados, os pais decidiram levá-lo à clínica privada Madre Bernarda, na Colômbia, por ser o local mais próximo de casa. Contudo, por não terem seguro de saúde, os responsáveis da clínica negaram ver o menor e disseram aos progenitores para tomar os antibióticos que o médico do estado tinha receitado.

LEIA DEPOIS
Ministério Público pede pena máxima para homicida da mulher e dos 4 filhos [vídeo]

Na cidade onde Isaac vivia foram diagnosticados mais casos de dengue

Na cidade Turbaco, onde Isaac vivia, foram diagnosticados quatro casos de dengue na semana em que o menino adoeceu. O menor manteve os sintomas durante oito dias e não mostrou qualquer sinal de melhoras. Os pais do menino levaram-no a outro hospital público, Gestión Salud. A unidade não tem especialidade de pediatria e também recusou atender a criança. Um amigo da família ofereceu-se para pagar uma consulta na clínica Madre Bernarda, local que já tinha recusado anteriormente analisar o caso. Horas depois de ter sido internado, Isaac M.V. morreu.

LEIA MAIS
Previsão do tempo para sábado, 12 de outubro
Nike lança ténis com água benta. Edição esgota em poucos minutos

Impala Instagram


RELACIONADOS