Espancado por criminosos que o confundiram com outra pessoa

Um homem foi agredido em Valongo depois de ser confundido com outra pessoa pelos criminosos.

Espancado por criminosos que o confundiram com outra pessoa

Espancado por criminosos que o confundiram com outra pessoa

Um homem foi agredido em Valongo depois de ser confundido com outra pessoa pelos criminosos.

Um homem, de 28 anos, terá sido alvo de um emboscada em Alfena, Valongo, na manhã desta quarta-feira. Ao que tudo indica, a agressão não passou de um engano. A vítima alega ter sido confundida com um homem envolvido numa burla, por causa da compra de um carro, que terá prejudicado os agressores.

LEIA DEPOIS

Greve nos combustíveis. São estes os 333 postos onde poderá abastecer

Criminosos tinham uma arma

Certos de que tinham encontrado um dos responsáveis pela burla, os agressores, quatro homens e uma mulher, agrediram a vítima e terão ainda tentado atingi-la com um tiro. «Estava num carro com amigos quando eles apareceram. Um apontou a arma ao condutor e obrigou-o a abrir a porta. Deram-me muitos murros e apontaram uma pistola às minhas costas. Tentaram disparar três vezes, mas a arma encravou. Usaram depois a pistola para me agredir e continuaram a dar-me murros», afirma  a vítima, em declarações ao Correio da Manhã (CM).

«É mentira»

Os autores da agressão terão comprado um carro em 2018 e foram enganados. A pessoa que vendeu a viatura terá enganado a primeira proprietária da viatura passando-lhe um cheque sem cobertura. A lesada mandou apreender o veículo deixando os suspeitos sem dinheiro e sem viatura. «Esse negócio foi feito numa gasolineira. Eles viram a videovigilância e dizem que eu sou a pessoa que estava a acompanhar o burlão, mas é mentira», garante o homem, a quem o grupo roubou o carro.

LEIA MAIS
Previsão do tempo para sábado, 27 de julho

Marcelo visita hoje locais afetados pelos fogos de Castelo Branco e Santarém

Impala Instagram


RELACIONADOS