Crianças portuguesas comem quatro vezes mais proteína do que deviam

60% da proteína ingerida pelas crianças provem da carne e dos lacticínios

Crianças portuguesas comem quatro vezes mais proteína do que deviam

Crianças portuguesas comem quatro vezes mais proteína do que deviam

60% da proteína ingerida pelas crianças provem da carne e dos lacticínios

As crianças portuguesas comem quatro vezes mais proteína do que deviam, avança a Direção-Geral da Saúde (DGS) numa campanha a propósito do dia mundial da obesidade que se comemora esta sexta-feira, 11 de outubro.

LEIA DEPOIS

Oeiras. Homem morre esmagado quando reparava autocarro

Crianças comem carne em quantidades semelhantes às dos adultos

Segundo a DGS, citada pelo Público, as crianças portuguesas, entre os 1 e 6 anos de idade, consumiram o quádruplo da proteína que é recomendada e uma em cada três tem excesso de peso. A diretora do Programa Nacional para a Promoção da Alimentação Saudável, Maria João Gregório, refere, à mesma publicação, que 60% da proteína ingerida pelas crianças provem da carne e dos lacticínios. Alem disso, a especialista afirma que as crianças ingerem estes alimentos em quantidades semelhantes às dos adultos. Os menores de 6 anos devem comer, no máximo, duas porções de 25 gramas de carne ou peixe por dia.

Mas ainda há mais números. A DGS avança que 52% das crianças entre os 3 e os 6 anos consomem todos os dias bebidas açucaradas; 10% das crianças entre 1 e 3 anos comem sobremesas doces todos os dias; todas as crianças até aos 6 anos consomem mais sal do que deviam; 55% das crianças entre os 3 e os 6 anos não consomem a porção de hortícolas que deviam. Em Portugal, 22% das crianças e jovens dos 5 aos 19 anos são pré-obesos e 10,4% sofrem de obesidade.

LEIA MAIS

Gasolina desce a partir de segunda-feira. Saiba quanto

Impala Instagram


RELACIONADOS