Criança morre após ser raptada pela mãe

Sofia Nobre, de 35 anos, sequestrou os dois filhos da casa da avó materna. Menino de três anos morreu e irmã mais nova, de dois, está entre a vida e a morte.

Criança morre após ser raptada pela mãe

Criança morre após ser raptada pela mãe

Sofia Nobre, de 35 anos, sequestrou os dois filhos da casa da avó materna. Menino de três anos morreu e irmã mais nova, de dois, está entre a vida e a morte.

Sofia Nobre, de 35 anos, deslocou-se da sua residência, em Vila Nova de São Pedro, até à a casa da mãe, em Manique do Intendente, ambas no concelho da Azambuja, para estar junto das crianças. Os menores encontravam-se a viver com a avó materna, a quem foi entregue o poder paternal.

A mulher aproveitou um momento de distração da mãe e conseguiu sequestrar as crianças e colocá-las para o carro, fugindo logo de seguida. Arrancou a alta velocidade e conduziu até à localidade de Arrouquelas, no concelho vizinho de Rio Maior, onde embateu com grande violência no muro de uma habitação na rua Manuel Sequeira Nobre (Estrada Municipal 510), por volta das 09h00.

O brutal acidente, ocorrido esta quinta-feira, 21 de janeiro, resultou na morte do filho de três anos e filha a mais nova, de dois anos, entrou em paragem cardiorrespiratória e está entre a vida e a morte.

De acordo com o Correio da Manhã, nenhum dos ocupantes tinha cinto de segurança colocado. A mulher de 35 anos sofreu vários traumatismos graves, tanto na bacia como nas pernas, e foi transportada para o Hospital de Santarém. Apesar das graves lesões, está fora de perigo.

O filho mais velho acabou por morrer à chegada ao Hospital de Santarém, enquanto a irmã entrou em paragem cardiorrespiratória e foi transportada, em estado crítico, para um hospital em Lisboa, onde permanece em coma e com prognóstico bastante reservado.

LEIA MAIS
Fiscal da Câmara e mulher roubam herança a deficiente

Impala Instagram


RELACIONADOS