Matar uma criança de 2 anos aos 10 «foi o melhor que me aconteceu»

Com 10 anos raptou e mutilou até à morte uma criança de dois anos. Passados 25 anos do homicídio, o homem reflecte sobre os crimes que cometeu

Robert Thompson, atualmente com 36 anos, matou uma criança de dois anos quando tinha apenas 10. Hoje, o homicida afirma que ter cometido os crimes «foi o melhor» que lhe aconteceu na vida.

LEIA MAIS: Padrasto mata menina de 3 anos sinalizada pela segurança social

O britânico, conhecido por ser um dos assassinos mais novos de sempre do Reino Unido, revelou, através de um comunicado inédito, que se tornou num homem melhor graças ao homicídio.

«Estou consciente de que agora sou uma pessoa melhor, que tive uma vida melhor e uma educação que não teria se não tivesse cometido este homicídio. Existe, obviamente, algo de irónico nisto, mas parte do meu remorso faz me sentir bem também», garante.

Robert deixa ainda uma mensagem aos pais da vítima, na qual se diz profundamente arrependido por ter raptado, mutilado e matado James Bulger.

Robert matou a criança juntamente com Jon Venables, também com 10 anos na altura. Ambos foram detidos e, segundo a recomendação do Conselho de Liberdade Condicional foram libertados aos 18 anos, com uma licença vitalícia, sob novas identidades.

VEJA AINDA: Youtuber de 15 anos matou menina de 9 e continua a ter milhares de fãs

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Matar uma criança de 2 anos aos 10 «foi o melhor que me aconteceu»

Com 10 anos raptou e mutilou até à morte uma criança de dois anos. Passados 25 anos do homicídio, o homem reflecte sobre os crimes que cometeu