Covid-19: Primeiro-ministro espanhol diz que mortos vão aumentar

O primeiro-ministro espanhol fez hoje o balanço de uma semana de “estado de emergência”, alertando os espanhóis para o aumento das mortes nos próximos dias.

Covid-19: Primeiro-ministro espanhol diz que mortos vão aumentar

Covid-19: Primeiro-ministro espanhol diz que mortos vão aumentar

O primeiro-ministro espanhol fez hoje o balanço de uma semana de “estado de emergência”, alertando os espanhóis para o aumento das mortes nos próximos dias.

O primeiro-ministro espanhol fez hoje o balanço de uma semana de “estado de emergência”, alertando os espanhóis para o aumento das mortes nos próximos dias, mas defendendo que “mais cedo do que tarde” o país vai vencer a covid-19. Numa mensagem televisiva ao país, Pedro Sánchez disse que, “infelizmente”, os casos diagnosticados e o número de mortes vão aumentar nos próximos dias, que serão “muito difíceis”, apelando a toda a população para “ficar em casa”.

LEIA DEPOIS
Covid-19. Morreu o médico que alertou para a falta de equipamento em Itália

“É importante o confinamento em casa. Cada contágio que não se produz rompe a cadeia da propagação e evitamos mandar pessoas para o hospital”, disse o chefe do Governo. Sánchez insistiu na necessidade de se “ganhar tempo” para preparar o sistema sanitário para vencer a batalha contra a pandemia da covid-19.

“Faremos o que faça falta e quando faça falta” para vencer esta pandemia, assegurou o chefe do Governo, que considerou a situação atual como a pior que o país atravessa desde a Guerra Civil espanhola.Pedro Sánchez pediu aos espanhóis para não se deixarem “vencer pelo medo” e apelou repetidamente para ficarem em casa: “Não é o medo que nos faz ficar em casa, é a coragem”.

Desde o início do surto, o país teve um total de 24.926 casos

A Espanha registou nas últimas 24 horas 324 mortos com o novo coronavírus e um aumento de 4946 no número de infetados, de acordo com a atualização feita pelas autoridades de saúde do país a meio do dia.

Segundo os números do Ministério da Saúde espanhol, desde o início do surto, o país teve um total de 24.926 casos da pandemia da covid-19, dos quais 1.326 morreram e 2125 foram curados.

A região mais atingida pela covid-19 é a de Madrid, com 8.921 infetados e 804 mortos, seguida pela da Catalunha (4203 e 122), a do País Basco (1725 e 85) e a da Andaluzia (.515 e 40).

LEIA MAIS
Covid-19. Há 10 pessoas infetadas na Casa de Saúde da Idanha, em Belas
Covid-19: Emirates suspende voos para mais de 100 destinos

Impala Instagram


RELACIONADOS