Covid-19: Cabo Verde com mais três mortes e 137 novos infetados em 24 horas

Cabo Verde registou mais três mortes por covid-19, chegando a 235 óbitos provocados pela doença no país, que conta com 137 novos infetados, o valor diário mais baixo em 27 dias, divulgou hoje o Ministério da Saúde.

Covid-19: Cabo Verde com mais três mortes e 137 novos infetados em 24 horas

Covid-19: Cabo Verde com mais três mortes e 137 novos infetados em 24 horas

Cabo Verde registou mais três mortes por covid-19, chegando a 235 óbitos provocados pela doença no país, que conta com 137 novos infetados, o valor diário mais baixo em 27 dias, divulgou hoje o Ministério da Saúde.

De um total de 1.044 amostras analisadas pelos laboratórios de virologia, o Ministério da Saúde e da Segurança Social informou que foram encontrados 137 novos casos positivos do novo coronavírus, numa taxa de positividade de 13,1%, e o valor mais baixo dos últimos 27 dias.

Na cidade da Praia há a contabilizar 35 novos infetados, muito mais do que os restantes concelhos da ilha de Santiago, designadamente Ribeira Grande (01), Santa Catarina (10), São Salvador do Mundo (03), Tarrafal (01), São Miguel (02), Santa Cruz (05) e São Lourenço dos Órgãos (09).

No Fogo há mais cinco infetados, sendo dois nos Mosteiros e três em Santa Catarina, enquanto Brava somou mais seis, Santo Antão tem 17, distribuídos por Ribeira Grande (06), Paul (04) e Porto Novo (07), São Vicente com 19, Sal tem dois, Maio soma nove e São Nicolau com quatro, dois cada em Ribeira Brava e Tarrafal.

Nas últimas 24 horas, mais três pessoas morreram em Cabo Verde por complicações associadas à covid-19, elevando para 235 o total de mortes provocados pela doença no arquipélago, dando uma taxa de letalidade de 0,88%.

Na habitual conferência de imprensa semanal de ponto de situação da pandemia no país, o diretor nacional de Saúde, Jorge Noel Barreto, disse que a maioria das mortes continuam a registar-se em pessoas idosas com idade igual ou superior a 60 anos.

Desde domingo que mais 365 pessoas tiveram alta, com o país a chegar a 23.402 casos considerados recuperados desde o início da pandemia.

Com os novos dados, o país chegou a um total de 26.578 casos positivos acumulados desde 19 de março de 2020, dos quais há ainda a contabilizar 2927 casos ativos.

Segundo o diretor nacional de Saúde, há neste momento 100 casos suspeitos identificados em todos o país a aguardar pelo resultado do inquérito epidemiológico e também 46 doentes internados nos hospitais, dos quais três em situação grave, com a taxa de ocupação de 50%.

Na habitual análise dos últimos 14 dias, o porta-voz do Ministério da Saúde referiu que Cabo Verde continua a registar aumento de casos, embora a diferença em relação ao período anterior não seja tão acentuada.

Jorge Barreto disse que é ainda cedo para afirmar que o país está a atingir o pico de novas infeções, sublinhando que a situação é muito dinâmica e advertiu que as medidas devem continuar a ser observadas.

O diretor disse também que as autoridades saúde vão ter de aguardar mais alguns dias para ver o impacto das medidas anunciadas pelo Governo, com o estado de calamidade em todo país, com exceção para a ilha Brava, desde 30 de abril e para 30 dias.

“Mais uma vez, pedimos para que cada um, cada pessoa, cada instituição, cada entidade cumpra o seu papel porque só assim é que nós conseguiremos ter algum controlo da situação”, pediu.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.294.812 mortos no mundo, resultantes de mais de 158,2 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

RIPE // LFS

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS