Noite de touros em Coruche «foi a pior». Dois forcados e dois cavaleiros feridos

Dois cavaleiros, dois forcados e um cavalo ficaram feridos durante a Corrida de Touros em Coruche que decorreu este sábado à noite

Noite de touros em Coruche «foi a pior». Dois forcados e dois cavaleiros feridos

Noite de touros em Coruche «foi a pior». Dois forcados e dois cavaleiros feridos

Dois cavaleiros, dois forcados e um cavalo ficaram feridos durante a Corrida de Touros em Coruche que decorreu este sábado à noite

Dois cavaleiros, dois forcados e um cavalo ficaram feridos durante a Corrida de Touros em Coruche que decorreu este sábado à noite, noticia o site Touro e Ouro. Os cavaleiros tauromáquicos Ana Batista e João Moura Júnior e os forcados João Ventura e Luís Fera, dos Amadores Aposento da Moita, sofreram uma aparatosa colhida durante a corrida mista.

João Moura Jr. foi colhido em Coruche

João Moura Jr. foi colhido e teve de ser suturado. O cavaleiro foi socorrido na enfermaria e levado para o Hospital de Santarém. Quanto ao cavalo Xeque-Mate, de João Moura Júnior, apresentava uma fractura exposta numa das pernas, tendo sido também imediatamente retirado da praça.

«Como sabem, na lide do meu único toiro, o sexto da noite e da ganadaria São Torcado, montado no Xeque-Mate fomos, violentamente, colhidos e derrubados, deixando-nos à mercê do toiro. Como também sabem, o Xeque-Mate fez uma fractura exposta na pata direita. As hipóteses caíam sobre o mais difícil e seguiram-se as recomendações do Médico Veterinário, de maneira a eliminar o seu sofrimento e assim garantir o seu bem estar», começa por dizer, João Moura Jr. nas redes sociais.

«Como resultado da queda, fiz um corte interno e externo no lábio inferior e uma forte pancada na cabeça que me deixou atordoado, tendo sido levado para a enfermaria onde levei 8 pontos e, seguidamente, transportado para o hospital de Santarém, onde fiz um Raio X para se descartaram as hipóteses de possíveis fracturas», acrescenta.

«A noite de Coruche foi a pior»

«Na verdade, são sequelas das quais recuperarei, em poucos dias, se Deus quiser. Neste momento, as piores feridas estão por dentro. A noite de Coruche foi a pior vivida em toda a minha carreira enquanto cavaleiro, enquanto Homem, enquanto amante dos animais e, sobretudo, enquanto fiel amigo dos meus cavalos. Perdi um companheiro com que trabalho há quase 10 anos, todos os dias, e com o qual criei fortes laços e sentimentos que sei que eram mútuos», diz sobre a perda do cavalo.

Também dois forcados do Aposento da Moita sofreram ferimentos graves. Luís Fera teve de ser transportado de helicóptero para o Hospital de São José, em Lisboa, devido à gravidade das lesões. João Ventura teve de ser socorrido. Foram ainda assistidas três pessoas que estavam nas bancadas da praça.

Ana Batista está em casa a recuperar após queda do cavalo

A cavaleira Ana Batista foi apertada contra as tábuas e acabou por cair do cavalo. Foi colhida e sofreu traumatismos, sendo socorrida na enfermaria da praça e mais tarde encaminhada ao Hospital Distrital de Santarém. A cavaleira deixou uma mensagem no Facebook. «Depois do susto de Coruche, já me encontro em casa a recuperar. Obrigada pelas mensagens de apoio. Marcamos encontro, na próxima Quinta-feira, no Campo Pequeno», escreveu.

LEIA MAIS
Já sabemos o sexo e o nome do bebé de Cláudia Vieira
Previsão do tempo para terça-feira, 9 de julho

Impala Instagram


RELACIONADOS