Coronavírus: Portugal tira lições da situação em Itália

Portugal e os outros Estados-membros da UE tiraram hoje lições da “experiência de gestão da crise” do novo coronavírus em Itália, país mais afetado no espaço comunitário.

Coronavírus: Portugal tira lições da situação em Itália

Coronavírus: Portugal tira lições da situação em Itália

Portugal e os outros Estados-membros da UE tiraram hoje lições da “experiência de gestão da crise” do novo coronavírus em Itália, país mais afetado no espaço comunitário.

Numa altura em que já existem cerca de 5400 casos de coronavírus na UE, dos quais 3858 registados em Itália, o surto foi abordado no Conselho de Negócios Estrangeiros que decorreu na capital croata, em Zagreb, indicou à  Lusa o ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva.

“O ministro italiano deu-nos uma informação muito precisa sobre o esforço que Itália está a fazer para conter o vírus, sobre a dimensão da situação em Itália e também sobre as lições que a experiência de gestão da crise em Itália podem trazer para os restantes Estados-membros”, precisou o ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros.

LEIA DEPOIS
Centro de Saúde Vila Nova da Barquinha evacuado devido a concentração de gás metano

Chefes da diplomacia europeia optaram pela “sensatez”

O surto de Covid-19, que pode causar infeções respiratórias como pneumonia, já provocou mais de 3450 mortos em todo o mundo, tendo infetado mais de 98 mil pessoas em pelo menos 86 países, incluindo nove em Portugal. Em Itália, o Estado-membro da UE mais afetado, verificaram-se já 148 mortes, de acordo com dados divulgados hoje pelo Centro Europeu de Prevenção e Controlo de Doenças.

Questionado pela Lusa se os ministros dos Negócios Estrangeiros adotaram alguns cuidados especiais devido ao Covid-19, Augusto Santos Silva notou que os chefes da diplomacia europeia optaram pela “sensatez”.

“Temos as nossas autoridades de saúde a fazer recomendações, nós próprios fazemos recomendações aos nossos concidadãos e, portanto, o que eu digo é sempre a mesma coisa: eu cumpro as recomendações que eu próprio faço”, referiu.

“Não façam visitas de estudo ou excursões para Itália»

Sobre as recomendações da tutela aos portugueses fora do país, Augusto Santos Silva recordou que o Governo “recomenda vivamente” que “não se façam visitas de estudo ou excursões de crianças e jovens para Itália, seguindo a recomendação das próprias entidades italianas, e que quem se esteja a deslocar para ou em Itália siga, escrupulosamente, as informações e as orientações das entidades italianas”.

O Ministério dos Negócios Estrangeiros pede, também, “que se evitem deslocações não essenciais que as pessoas queiram fazer”, apontou.

O governante adiantou que, para já, o Governo não tem conhecimento de “nenhum outro caso” de portugueses infetados pelo Covid-19 fora do país, além dos dois que foram detetados num cruzeiro no Japão. Destes últimos, um dos homens já teve alta hospitalar e o outro pediu privacidade.

LEIA MAIS
Coronavírus: Fábrica de calçado encerrada em Felgueiras
Coronavírus. Portugal tem mais 30 casos suspeitos

Impala Instagram


RELACIONADOS