Concurso de miss acaba com cenas de pancadaria [vídeo]

A eleição da Miss Sri Lanka, que decorreu nos Estados Unidos da América, acabou com cenas de pancadaria e homens e mulheres a trocarem socos e pontapés.

Concurso de miss acaba com cenas de pancadaria [vídeo]

Concurso de miss acaba com cenas de pancadaria [vídeo]

A eleição da Miss Sri Lanka, que decorreu nos Estados Unidos da América, acabou com cenas de pancadaria e homens e mulheres a trocarem socos e pontapés.

Existe um ponto em comum entre os mais diversos concursos de miss. Falamos do desejo de paz no mundo, algo que quase todas as concorrentes desejam. Pois bem, a primeira edição do Miss Sri Lanka, que decorreu em Nova Iorque, Estados Unidos da América, fica marcado por algo bem diferente do famoso desejo. Isto porque o evento acabou com cenas de pancadaria que envolveram homens e mulheres que trocaram socos e pontapés. Tudo aconteceu durante a festa final do evento, que juntou concorrentes e equipas.

Insólito: Cão invade noticiário em direto (Veja o vídeo)
Uma jornalista estava a apresentar o noticiário quando o estúdio é invadido por um cão (… continue a ler aqui)

Em pouco tempo tornaram-se virais os vídeos que mostram as cenas de pancadaria e aquilo que parece ser uma das coroas entregues no evento. Sendo que ainda estão por apurar os motivos para as trocas de agressões. Em conversa com o New York Post, Sujani Fernando, um dos organizadores do certame, assegura que nenhuma das 14 concorrentes esteve envolvida nas lamentáveis cenas. Garantindo que todas estavam no interior do prédio.

Outro concurso acaba com modelo algemada

Escreve o Morning Post que estiveram no concurso mais de 300 pessoas e que um dos objetivos era o de angariar dinheiro para a construção de um hospital no Sri Lanka. Aliás, os problemas económicos que o país atravessa fazem com que exista uma indignação ainda maior em torno desta polémica. Em 2021, um outro concurso de beleza, realizado no Sri Lanka, terminou com uma modelo a sair algemada do local. Isto depois de arrancar a coroa da cabeça da vencedora, alegando que era divorciada, motivo que, segundo as regras, impedia que pudesse participar no evento.

Texto: Bruno Seruca; Fotos: DR

Impala Instagram


RELACIONADOS