O que consome um fumador em cada cigarro fumado

O que consome um fumador em cada cigarro fumado

O tabaco inalado quando se fuma um cigarro é o ‘mal menor’. Alguns químicos encontradas nos cigarros e no fumo do tabaco são mais prejudiciais do que a nicotina.

O tabagismo é uma das maiores causas de cancro. Porém, a nicotina não é a única substância perigosa inalada quando fumamos um cigarro. Algumas das substâncias químicas encontradas em cada cigarro e no do tabaco são ainda mais prejudiciais para o organismo. Saiba quais são e o que provocam.

As 7 piores substâncias que inala em cada cigarro, para além de nicotina

1. Mercúrio

O mercúrio é uma neurotoxina que pode causar danos no corpo, de acordo com a Agência de Proteção Ambiental. Estudos mostraram que o produto químico pode causar alterações comportamentais, dores de cabeça, hipertensão e alterações na função cardiovascular. Isto acontece mesmo que a exposição a esta substância seja baixa.

2. Monóxido de carbono

Este produto químico é inodoro, incolor e pode ter sérios efeitos nos seres humanos após exposição por longos períodos. Pode levar a doenças cardíacas e os efeitos colaterais incluem fraqueza, tonturas, falta de ar e visão turva.

LEIA MAIS: Unhas de gel podem provocar cancro de pele

3. Cianeto de hidrogénio

Este componente altamente perigoso é caracterizado como um asfixiante químico. Impede que o oxigénio atinja os tecidos e causa  inconsciência ou morte, de acordo com a Agência para Substâncias Tóxicas e Registo de Doenças. É altamente tóxico e envenena os sistemas cardiovascular e respiratório. Afeta o metabolismo, a visão e o cérebro.

4. Formaldeído

Este químico inflamável e incolor é encontrado naturalmente como parte do processo metabólico e é usado para uma variedade de produtos domésticos. Contudo, em excesso, pode causar efeitos na saúde a curto prazo. Ardor nos olhos e na garganta são dois dos principais, de acordo com o Instituto Nacional do Cancro. A longo prazo, descobriu-se também, aumenta as probabilidades de cancro.

5. Chumbo

O envenenamento por chumbo pode ocorrer lentamente. Os sintomas nem sempre alarmam as pessoas. Os efeitos colaterais incluem cansaço, irritação, perda de apetite e défice de atenção. Podem haver o risco de pressão alta e de doença renal. Não há uma quantidade segura de chumbo que podemos ter no corpo e a Agência Internacional de Pesquisa sobre o Cancro determinou que a substância é uma provável causa de cancro.

LEIA MAIS: Sismo em Portugal matará 17 mil a 27 mil pessoas

6. Amoníaco

Comum em produtos domésticos e industriais, pode ter consequências graves quando inalado. De acordo com o Departamento de Saúde do Estado de Nova Iorque, é corrosivo e pode destruir as vias respiratórias, provocando desconforto ou falhas respiratórias. mesmo a baixa exposição ao produto provoca fadiga olfativa, tosse, dor torácica e sensação de ardor na garganta e no nariz.

7. Citrato de potássio

É utilizado para ajudar a eliminar o ácido úrico dos, mas só é prescrito se já existir um problema grave pré-existente. Os efeitos colaterais do citrato de potássio variam desde náuseas e dores de estômago a efeitos mais graves, incluindo tonturas, batimentos cardíacos acelerados e fraqueza muscular.

Se conhece alguém com dependência de tabaco, partilhe este artigo hoje. amanhã pode ser tarde

LEIA MAIS | Cancro: alimentos que ajudam a prevenir

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

O que consome um fumador em cada cigarro fumado

O tabaco inalado quando se fuma um cigarro é o ‘mal menor’. Alguns químicos encontradas nos cigarros e no fumo do tabaco são mais prejudiciais do que a nicotina.