Chefe de operações da polícia moçambicana morto a tiro “por erro”

Um chefe de operações de uma esquadra da polícia moçambicana na cidade de Quelimane, centro do país, foi hoje morto por um agente, que disparou “por erro” durante uma operação contra supostos assaltantes, anunciou a corporação.

Chefe de operações da polícia moçambicana morto a tiro

Chefe de operações da polícia moçambicana morto a tiro “por erro”

Um chefe de operações de uma esquadra da polícia moçambicana na cidade de Quelimane, centro do país, foi hoje morto por um agente, que disparou “por erro” durante uma operação contra supostos assaltantes, anunciou a corporação.

O porta-voz do comando da polícia da província da Zambézia, cuja capital é Quelimane, Sidner Lonzo, disse aos jornalistas que Rafael Manjate não resistiu aos disparos feitos por um agente da polícia, quando uma equipa da corporação foi acorrer a um alerta de assalto numa residência na cidade.

“Os indícios apontam para erro de execução dos tiros que mataram um colega que era tenaz e prestativo no combate ao crime”, afirmou Sidner Lonzo.

O porta-voz acrescentou que foi aberta uma investigação para o apuramento das circunstâncias do incidente.

PMA // VM

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS