Chamadas para o INEM demoram 8 minutos a ser atendidas

A recomendação é para que as chamadas demorem apenas sete segundos a ser atendidas

Chamadas para o INEM demoram 8 minutos a ser atendidas

Chamadas para o INEM demoram 8 minutos a ser atendidas

A recomendação é para que as chamadas demorem apenas sete segundos a ser atendidas

O tempo médio de atendimento das chamadas no Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) foi, no mês de junho, oito minutos. A recomendação é para que não demorem mais do que sete segundos.

O Jornal de Notícias teve acesso aos dados internos do INEM e revela que a principal falha apontada para esta demora no atendimento das chamadas se deve à falta de recursos humanos. Todos os dias há menos técnicos de emergência pré-hospitalar a trabalhar do que aqueles que estão escalados.

Falta de trabalhadores no INEM e aumento do número de chamadas

Aliado a esta falta de trabalhadores está o aumento do número de chamadas registadas. Em resposta a este problema, o INEM afirmou à mesma publicação que se trata apenas de «situações absolutamente pontuais que representam exceções». No entanto, com a demora no atendimento dos telefonemas, cerca de 10 mil chamadas ficaram por atender no mês de junho.

LEIA MAIS
Português Felipe Oliveira Baptista é o novo diretor criativo da Kenzo
Mulher grávida esfaqueada até à morte em Londres

Impala Instagram


RELACIONADOS