Caso real: Desabafo de uma mãe que ouviu o pior dos diagnósticos

«Carta à minha filha Rafaela»

Caso real: Desabafo de uma mãe que ouviu o pior dos diagnósticos

Caso real: Desabafo de uma mãe que ouviu o pior dos diagnósticos

«Carta à minha filha Rafaela»

Quando me apercebi, tinhas tu um mês de idade, que havia algo diferente no teu olhar, prometi-te que nunca iria desistir de ti… E NÃO IREI NUNCA!

LEIA DEPOIS
Caso real: A carta emocionante de uma mãe de prematuro

Infelizmente vivemos num mundo em que é mais fácil “acomodarmo-nos” e simplesmente desistir e não fazer nada do que ir à luta… mas eu não sou assim principalmente em relação a ti, nunca fui nem nunca serei.

Quando a médica me disse, com estas palavras, que irias ser “um vegetal”, toda eu estremeci, os meus olhos já estavam inundados de lágrimas pelo que estava a ouvir, mas, nesse momento, as lágrimas caíram, não consegui segurar. Disseram-me que não havia tratamentos, cirurgias, medicações… Disseram-me que não valia a pena pensar ir ao estrangeiro em busca de soluções porque não havia… Disseram-me que não valia a pena investir em terapias!

Eu e o teu pai saímos sem uma única palavra dizer e quando chegámos cá fora abraçámo-nos a chorar… sentiamo-nos perdidos, sentiamo-nos impotentes… Tu no nosso colo e nós sem sabermos o que fazer!

O mais fácil teria sido desistir, mas não o fizemos… e como te disse, nunca iremos fazer. Não é fácil para qualquer mãe ou pai aceitar que a sua bebé tem problemas de saúde, não é mesmo!

Procurámos os melhores terapeutas, médicos que pudessem acreditar que havia algo a fazer e que estivessem do nosso lado. Não foi fácil, nada fácil, apanhámos valentes sustos e passámos um mau bocado, mas depois de passarmos por várias clínicas, vários médicos e vários terapeutas, encontrámos o rumo que para nós nos parece o correto. E que resultados fantásticos estás a ter…

És a criança mais doce do mundo, mais sorridente, mas também a mais mau feitio… quais terríveis dois anos, são mesmo os terríveis três! Mas tens uma garra invejável, também tu não desistes e é também graças a essa tua faceta que estás a conseguir tanta coisa que nos disseram que não ias conseguir atingir!

(…)

Infelizmente estas terapias e tudo o que te proporcionamos é um LUXO (cerca de 22.000 euros por ano, mais do que MUITA gente recebe)!!! É ridículo, mas essa é a realidade… os custos são TÃO elevados que nenhuma família “normal” consegue suportar sozinha. Tomámos a decisão de tornar esta luta pública, porque precisamos da ajuda de todos e foi graças à ajuda de TANTA gente que te conseguimos proporcionar dois ciclos de reabilitação, que tantas ferramentas e tantas conquistas te proporcionaram…

Mas nos restantes meses, os meses que tens as tuas terapias normais, somos nós, eu e o teu papá que com o nosso trabalho suportamos todas as despesas, terapias, medicações… tudo isto para te dizer que é por isso que temos de trabalhar MUITO! E por isso não estou contigo, porque tenho mesmo de trabalhar! Saiba todos os detalhes no site Crescer.

LEIA MAIS

Previsão do tempo para esta quinta-feira, 5 de dezembro

Impala Instagram


RELACIONADOS