Casal de médicos agredido com cadeiras e mesas em Setúbal

O doente terá sequestrado os dois médicos no gabinete, agredindo-os.

Casal de médicos agredido com cadeiras e mesas em Setúbal

Casal de médicos agredido com cadeiras e mesas em Setúbal

O doente terá sequestrado os dois médicos no gabinete, agredindo-os.

Um casal de médicos foi agredido, no dia 31 de dezembro de 2019, com mesas e cadeiras por um doente que terá esperado quatro horas nas urgências no Hospital de São Bernardo, em Setúbal, avança o Jornal de Notícias.

LEIA DEPOIS

Ordem solidariza-se com médica agredida e reclama medidas

Paciente sequestra casal de médicos no gabinete

O paciente terá agredido verbalmente e ameaçado a médica que o atendia. A especialista terá pedido ajuda ao marido, médico na mesma unidade hospitalar, que foi posteriormente agredido. O doente terá sequestrado os dois clínicos no gabinete, agredindo-os.

Agressão ocorreu no mesmo dia em que um outro médico ficou ferido em Loures

O episódio de violência foi travado pelo agente da PSP, que estava de serviço no hospital, que arrombou a porta e forçou a entrada. A agressão ocorreu no mesmo dia em que um médico ficou ferido depois de ter sido agredido por um paciente no Centro de Saúde de Moscavide, em Loures.

Registados mais de 600 episódios de violência contra profissionais de saúde em 2019

Nos primeiros meses de 2019, foram registados mais de 600 episódios de violência contra profissionais de saúde. A Ordem dos Médicos vai emitir esta sexta-feira, 3 de janeiro, um comunicado para incentivar os médicos a não trabalharem em casos em que seja posto em causa a sua segurança.

LEIA MAIS

Comentador da RTP perde mais de 70 quilos num ano e meio

Impala Instagram


RELACIONADOS