Casal acusado de esquartejar funcionária e deixar cabeça na praia de Leça

A vítima era funcionária da casa de massagens que o homem paquistanês e a mulher também de nacionalidade tailandesa exploravam, em Matosinhos.

Casal acusado de esquartejar funcionária e deixar cabeça na praia de Leça

Casal acusado de esquartejar funcionária e deixar cabeça na praia de Leça

A vítima era funcionária da casa de massagens que o homem paquistanês e a mulher também de nacionalidade tailandesa exploravam, em Matosinhos.

Os suspeitos da morte da mulher tailandesa, cuja cabeça foi encontrada dentro de um saco de plástico, na praia de Leça, em março deste ano, foram acusados em co-autoria, esta quinta-feira, 3 de outubro, de homicídio e profanação de cadáver. A vítima era funcionária da casa de massagens que o homem paquistanês e a mulher também de nacionalidade tailandesa exploravam, em Matosinhos.

LEIA DEPOIS

Detida suspeita de homicídio de mulher cuja cabeça foi encontrada em praia

«O Ministério Público considerou indiciado que os arguidos exploravam comercialmente uma casa de massagens sita em Matosinhos, a qual girava sob forma de uma sociedade unipessoal de que era única sócia a arguida, contando com a colaboração da vítima, uma tailandesa que celebrou com aquela sociedade um contrato de trabalho como massagista», começa por explicar a nota divulgada hoje na página da Procuradoria-Geral Distrital do Porto.

A acusação refere que, entre 28.12.2018 e 07.03.2019, neste estabelecimento de massagens, «o arguido e a arguida mataram a dita colaboradora tailandesa, cortaram o cadáver aos pedaços, decapitaram-no e colocaram no congelador pelo menos a cabeça». «Posteriormente desfizeram-se dos pedaços de cadáver, deixando a cabeça acondicionada num saco plástico, dentro ou ao lado de um contentor colocado no areal da praia de Leça da Palmeira, a qual viria a ser encontrada no dia 07.03.2019.»

Pai da mulher cuja cabeça foi encontrada em praia de Leça da Palmeira morre de desgosto

O pai da massagista morta no mês passado e cuja cabeça foi encontrada na praia do Óscar, em Leça da Palmeira, morreu no início deste mês. A família da tailandesa acredita que o homem tenha morrido de desgosto, uma vez que faleceu devido a problemas de coração e pouco tempo depois de saber do crime que vitimou a filha.

LEIA MAIS

Previsão do tempo para este sábado, 5 de outubro

Impala Instagram


RELACIONADOS