Cartão Vermelho: Vieira já chegou ao Tribunal Central de Instrução Criminal para ser ouvido

O empresário e presidente do Benfica Luís Filipe Vieira chegou às 14:30 ao Tribunal Central de Instrução Criminal, onde vai ser ouvido em 1.º interrogatório na sequência da sua detenção.

Cartão Vermelho: Vieira já chegou ao Tribunal Central de Instrução Criminal para ser ouvido

Cartão Vermelho: Vieira já chegou ao Tribunal Central de Instrução Criminal para ser ouvido

O empresário e presidente do Benfica Luís Filipe Vieira chegou às 14:30 ao Tribunal Central de Instrução Criminal, onde vai ser ouvido em 1.º interrogatório na sequência da sua detenção.

O empresário e presidente do Benfica Luís Filipe Vieira chegou hoje às 14:30 ao Tribunal Central de Instrução Criminal, onde vai ser ouvido em primeiro interrogatório judicial na sequência da sua detenção, ocorrida na quarta-feira.

Luís Filipe Vieira e os outros três arguidos saíram às 14:14 do Comando Metropolitano da PSP de Lisboa, onde pernoitaram, em direção ao tribunal de instrução criminal, numa operação marcada por um forte aparato policial.

A rua acabou mesmo por ser cortada pelas autoridades para facilitar a entrada das viaturas no tribunal.

Luís Filipe Vieira foi um dos quatro detidos na quarta-feira numa investigação que envolve negócios e financiamentos superiores a 100 milhões de euros, com prejuízos para o Estado e algumas sociedades.

Segundo o Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) estão em causa factos suscetíveis de configurar “crimes de abuso de confiança, burla qualificada, falsificação, fraude fiscal e branqueamento de capitais”.

Para esta investigação foram cumpridos cerca de 45 mandados de busca a sociedades, residências, escritórios de advogados e uma instituição bancária em Lisboa, Torres Vedras e Braga. Um dos locais onde decorreram buscas foi a SAD do Benfica que, em comunicado, adiantou que não foi constituída arguida.

Sem os identificar, o DCIAP informou que foram detidos um dirigente desportivo, dois empresários e um agente do futebol, que passaram a noite no Comando Metropolitano da PSP de Lisboa.

 

 

LEIA AINDA
O total de mortes associadas à covid-19 nos Estados Unidos ultrapassou hoje a barreira das 400.000 a poucas horas de Donald Trump deixar a Casa Branca e cuja gestão da crise pandémica foi considerada um "fracasso" por especialistas sanitários.
Covid-19: Livro afirma que Trump sugeriu enviar doentes para Guantánamo
Um livro de dois jornalistas do Washington Post afirma que o ex-Presidente dos Estados Unidos Donald Trump propôs o envio de norte-americanos regressados da Ásia com covid-19 para a base de Guantánamo, em Cuba. (… continue a ler aqui)

 

Impala Instagram


RELACIONADOS