Carlos Cruz vence queixa no Tribunal Europeu dos Direitos do Homem

Condenado do processo Casa Pia, Carlos Cruz deverá agora receber indemnização do Estado português, à semelhança do que já acontecera com Paulo Pedroso.

Carlos Cruz vence queixa no Tribunal Europeu dos Direitos do Homem

Carlos Cruz vence queixa no Tribunal Europeu dos Direitos do Homem

Condenado do processo Casa Pia, Carlos Cruz deverá agora receber indemnização do Estado português, à semelhança do que já acontecera com Paulo Pedroso.

O Tribunal Europeu dos Direitos do Homem anunciou hoje, terça-feira, 26 de junho, que decidiu a favor de Carlos Cruz no processo em que este exigia uma indemnização ao Estado português no processo Casa Pia.

Reabertura de processo de Carlos Cruz poderá ser o próximo passo

As garantias da defesa dos arguidos – condenados a penas de prisão que entretanto já cumpriram – não foram, de acordo com os juízes, respeitadas. Assim, o tribunal europeu admite mesmo que o processo possa ser reaberto e reapreciados os recursos dos arguidos.

Carlos Cruz deverá, também, receber uma indemnização do Estado português, à semelhança do que já acontecera com Paulo Pedroso, que receberá 68 mil euros.

Carlos Cruz em recuperação admite que ainda sofre com «mazelas»

O apresentador de televisão Carlos Cruz foi detido em 2013 e condenado a seis anos de prisão. Saiu em liberdade condicional em 2016, depois de ter cumprido dois terços da pena.

Cruz continua a negar os três crimes de abuso sexual de menores de que foi acusado e pelos quais foi condenado. Aparentemente, e de acordo com esta decisão do Tribunal Europeu dos Direitos do Homem, tanto o apresentador aposentado quanto Ferreira Dinis foram mal condenados.

LEIA MAIS: Marta Cruz desaparecida desde segunda-feira

Impala Instagram


RELACIONADOS