Campanha de fiscalização rodoviária decorre até segunda-feira. Saiba onde

Campanha de Segurança Rodoviária “Viajar sem pressa” tem como objetivo alertar os condutores para os riscos da condução em excesso de velocidade.

Campanha de fiscalização rodoviária decorre até segunda-feira. Saiba onde

Campanha de fiscalização rodoviária decorre até segunda-feira. Saiba onde

Campanha de Segurança Rodoviária “Viajar sem pressa” tem como objetivo alertar os condutores para os riscos da condução em excesso de velocidade.

A Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), a Guarda Nacional Republicana (GNR) e a Polícia de Segurança Pública (PSP) lançam nesta sexta-feira, 19 de novembro, a Campanha de Segurança Rodoviária “Viajar sem pressa“, inserida no Plano Nacional de Fiscalização de 2021. A decorrer entre os dias 19 e 22 de novembro, tem como objetivo alertar os condutores para os riscos da condução em excesso de velocidade, dado que esta é uma das principais causas dos acidentes nas estradas e é responsável por mais de 50% das infrações registadas.

Atropelamento a 30km/h com baixa probabilidade de morte

Num atropelamento, a probabilidade de existirem vítimas mortais aumenta em função da velocidade a que circulam os veículos. Se um veículo circular a 30 km/h, a probabilidade das consequências de um atropelamento serem mortais é de 10%. Aumentando a velocidade para 50 km/h, a probabilidade passa a ser de 80%. A 70 Km/h, a probabilidade de morte é de 100%. O Plano Nacional de Fiscalização elaborado pela ANSR de acordo com a recomendação europeia 2004/345/CE é um instrumento fundamental para o combate à sinistralidade rodoviária, e prevê a realização de campanhas de sensibilização em simultâneo com operações de fiscalização em locais onde ocorrem regularmente infrações que representam um risco acrescido para a ocorrência de acidentes.

Assim, e de forma a contribuir para a diminuição do risco de ocorrência de acidentes e para a adoção de comportamentos mais seguros por parte dos condutores no que tange à condução em excesso de velocidade, a campanha integrará: 1) Ações de sensibilização pela ANSR, informando os utilizadores das nossas estradas sobre os perigos, impactos e consequências de conduzir em excesso de velocidade;

Dia 19 de novembro, às 19h30: Avenida Infante D. Henrique, Santa Apolónia, Lisboa;
Dia 20 de novembro, às 8h00: EN 14, km 8,5, Porto;
Dia 21 de novembro, às 10h00: Av. António Macedo/Av. Cónego Jorge Peixoto Coutinho (Variante à E.N. 14), Braga;
Dia 22 de novembro, às 8h00: Rua da Base Aérea (Monte Real), Leiria.

  1. 2) Operações de fiscalização, pela GNR e pela PSP, com especial incidência em vias e acessos com elevado fluxo rodoviário e de acordo com o Plano Nacional de Fiscalização 2021.

A ANSR, a GNR e a PSP relembram que a condução em excesso de velocidade é um risco para a sua segurança e dos outros:
“A velocidade é a principal causa de um terço de todos os acidentes mortais”;
“Quanto mais rápido conduzimos, menos tempo dispomos para imobilizar o veículo, quando algo de inesperado acontece;”
“Numa viagem de 10 km, aumentar a velocidade de 45 para 50 km/hora permite ganhar apenas 1 minuto e 20 segundos. Viaje sem pressa.”
A sinistralidade rodoviária não é uma fatalidade e as suas consequências mais graves podem ser evitadas através da adoção de comportamentos seguros na estrada.

Para mais informações, contactar:
Da ANSR, Paula Vicente – 918625100;
Da GNR, Capitão João Gaspar, da Divisão de Comunicação e Relações Públicas – 962091035;
Da PSP, Intendente Nuno Carocha, do Gabinete de Imprensa e Relações Públicas, da Direção Nacional – 968992701.

Impala Instagram


RELACIONADOS