Câmara do Funchal aprova apoio a bombeiros e aquisição de três viaturas por 500 mil euros

A Câmara Municipal do Funchal aprovou hoje a atribuição de um “apoio em alimentação” à Associação de Bombeiros Voluntários Madeirenses e a aquisição de três viaturas para o Departamento de Ambiente e Salubridade, indicou o presidente da autarquia.

Câmara do Funchal aprova apoio a bombeiros e aquisição de três viaturas por 500 mil euros

Câmara do Funchal aprova apoio a bombeiros e aquisição de três viaturas por 500 mil euros

A Câmara Municipal do Funchal aprovou hoje a atribuição de um “apoio em alimentação” à Associação de Bombeiros Voluntários Madeirenses e a aquisição de três viaturas para o Departamento de Ambiente e Salubridade, indicou o presidente da autarquia.

Pedro Calado esclareceu que o apoio à associação de bombeiros é “equivalente ao subsídio de alimentação” e vigora durante o período de verão, em que o risco da ocorrência de incêndios é acrescido.

O autarca social-democrata, eleito pela coligação Funchal Sempre à Frente (PSD/CDS-PP), disse, por outro lado, que as três viaturas para o Departamento de Ambiente e Salubridade se destinam à lavagem de arruamentos e túneis e representam um investimento de 500 mil euros.

Estas medidas foram aprovadas na reunião do executivo camarário, composto por seis elementos do PSD/CDS-PP e cinco da coligação Confiança (PS/BE/PAN/MPT/PDR), na qual foi também aprovado um “processo de renovação de ramais de água potável”, para controlar as fugas e perdas.

“Trata-se de uma obra importante no valor de 1,3 milhões de euros”, disse Pedro Calado, adiantando que cinco empresas passaram à fase final e que o início da empreitada está previsto para novembro.

Na reunião de hoje foi ainda aprovada a atribuição de benefícios fiscais a três entidades que estão a recuperar edifícios degradados. O autarca indicou ainda que a Câmara Municipal procedeu, em parceria com a Associação Protetora dos Pobres, à reabilitação de uma moradia para acolher pessoas em situação de sem-abrigo.

“A ideia é tirá-los da rua, pô-los a dormir num espaço digno e pô-los a trabalhar na Câmara Municipal do Funchal, com o objetivo de conseguir a reabilitação social destas pessoas”, declarou.

DC // MLS

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS