Lisboa pede “precauções redobradas” após aviso laranja de chuva forte

A Câmara Municipal de Lisboa aconselhou a população a “precauções redobradas”, na sequência do aviso laranja de chuva forte entre as 21h00 de hoje e às 09h00 de terça-feira, estando por decidir medidas de condicionamento de trânsito.

Lisboa pede

Lisboa pede “precauções redobradas” após aviso laranja de chuva forte

A Câmara Municipal de Lisboa aconselhou a população a “precauções redobradas”, na sequência do aviso laranja de chuva forte entre as 21h00 de hoje e às 09h00 de terça-feira, estando por decidir medidas de condicionamento de trânsito.

Os serviços municipais e agentes da Proteção Civil estão a preparar as equipas de reforço e a monitorizar a situação relacionada com o estado do tempo, e será realizado, pelas 20h00, um ‘briefing’ do Centro de Coordenação Operacional Municipal, para decidir medidas mais concretas de prevenção nos locais, indicou a diretora do Serviço Municipal de Proteção Civil de Lisboa, Margarida Castro Martins, por causa da previsão de chuva forte.

Para ler depois
Proteção Civil registou 511 ocorrências até às 16h00 de hoje
A Proteção Civil registou 511 ocorrências entre as 00h00 e as 16h00 de hoje, a maioria no Norte do continente, e alerta que a precipitação e o vento devem intensificar-se no sul a partir desta tarde (… continue a ler aqui)

“Muito provavelmente, os túneis vão voltar a ser encerrados, preventivamente”, afirmou à Lusa a responsável da Proteção Civil de Lisboa, referindo-se aos três túneis rodoviários que foram cortados ao trânsito no sábado devido ao mau tempo, designadamente na Avenida João XXI, Campo Grande e Entrecampos.

A Proteção Civil vai, também, monitorizar o túnel do Marques de Pombal, que na noite de sábado, por volta das 02h00, acabou por ser encerrado, voltando a abrir às 05:00, hora em que os outros três também reabriram, indicou a diretora do Serviço Municipal de Proteção Civil de Lisboa, referindo que os locais identificados como pontos negros em termos de inundações estão a ser monitorizados, nomeadamente a baixa de Alcântara e as avenidas 24 de Julho, Gago Coutinho e Estados Unidos da América.

Margarida Castro Martins disse que as equipas de Proteção Civil estão a preparar “um procedimento de condicionamentos e de desvio de trânsito” para responder a eventuais situações de inundação. Em comunicado, a Câmara Municipal de Lisboa apela à população para que “tome precauções redobradas e siga os conselhos dos serviços municipais de Proteção Civil”, indicando que os agentes de Proteção Civil e os serviços operacionais municipais e das juntas de freguesia estão “de prevenção para a mais pronta resposta à cidade”.

O alerta da Câmara de Lisboa surge na sequência da informação do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), que emitiu vários avisos para o distrito de Lisboa, nomeadamente aviso laranja para esta noite e a próxima madrugada, das 21h00 de hoje às 09h00 de terça-feira, com chuva por vezes forte acompanhada de trovoada, sendo o período mais crítico entre 00h00 e as 09h00 de terça-feira.

Até às 21h00 de hoje e na terça-feira, a partir das 09h00 até às 18h00, mantém-se a situação de aviso amarelo de precipitação, informou o município, acrescentando que há, ainda, aviso amarelo para agitação marítima para hoje, a partir das 07h20, e até terça-feira, às 06h00, “com ondas de oeste/sudoeste que podem atingir os quatro a cinco metros, e aviso amarelo de vento entre as 06h00 e as 12h00 de terça-feira, prevendo-se vento forte com rajadas que poderão atingir os 90 a 100 quilómetros por hora.

Também a Proteção Civil alertou hoje para nova possibilidade de inundações e aumento dos caudais dos rios nos distritos de Leiria, Setúbal, Lisboa, Évora, Santarém e Portalegre, que estarão em alerta laranja devido às previsões de chuva persistente e forte.

Impala Instagram


RELACIONADOS