Caldas de Monchique e Fóia geram maiores preocupações - autarca

Caldas de Monchique e Fóia geram maiores preocupações – autarca

O presidente da Câmara Municipal de Monchique, no distrito de Faro, afirmou hoje ao final da tarde que as localidades de Caldas de Monchique e Fóia são as que geram maior preocupação no combate ao incêndio na serra algarvia.

*** Serviços áudio e vídeo disponíveis em www.lusa.pt ***

Em declarações à agência Lusa, pelas 18:30, junto à localidade de Alcaria do Peso, Rui André classificou a situação que se vive na serra de Monchique como complexa.

Rui André admitiu que já arderam algumas casas de primeira habitação, mas recusou desenvolver o assunto, ressalvando que a contabilização ainda não foi feita.

“Neste momento temos problemas sérios que estamos a tentar resolver, mas as coisas não estão muito fáceis. Depois de uma noite de muito trabalho, se não tivéssemos uma manhã que trouxe uma nuvem de fumo e impediu os meios aéreos de trabalhar, a esta hora teríamos outra situação”, lamentou, acrescentando que só foi possível recorrer a máquinas de rasto e meios humanos.

Relativamente aos pontos mais críticos, o autarca destacou uma frente nas Caldas de Monchique, perto das termas, que ameaça as unidades hoteleiras, assim como a própria infraestrutura termal, e outra que se encontra na vertente norte da Foia, o ponto mais alto da serra algarvia.

Rui André referiu ter também conhecimento de que uma frente de fogo ameaça a Quinta Pedagógica do concelho vizinho de Silves.

No que concerne às pessoas que já foram retiradas, por razões preventivas, das suas habitações, o autarca explicou que o problema é o concelho ter habitações “muito dispersas”.

“O facto de o concelho ter habitações dispersas obriga a um trabalho preventivo de retirar as pessoas de casa, o que temos feito com sucesso”, sublinhou.

FYS // ROC

By Impala News / Lusa

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Caldas de Monchique e Fóia geram maiores preocupações – autarca

O presidente da Câmara Municipal de Monchique, no distrito de Faro, afirmou hoje ao final da tarde que as localidades de Caldas de Monchique e Fóia são as que geram maior preocupação no combate ao incêndio na serra algarvia.