Cadáver encontrado no rio Tejo

Devido ao elevado estado de decomposição do corpo, ainda não foi possível fazer a identificação da vítima.

Cadáver encontrado no rio Tejo

Cadáver encontrado no rio Tejo

Devido ao elevado estado de decomposição do corpo, ainda não foi possível fazer a identificação da vítima.

Um cadáver foi encontrado esta segunda-feira, 8 de julho, durante a madrugada, no rio Tejo. Devido ao elevado estado de decomposição do corpo, ainda não foi possível fazer a identificação da vítima.

O cadáver foi avistado por um mestre de um barco da Transtejo, que fazia a ligação entre Cacilhas e o Cais do Sodré, segundo a avança a SIC Notícias. O corpo foi transportado para o Instituto de Medicina Legal, onde será feita a autópsia. Para já não foi desconhece-se a identidade da vítima, pelo que as autoridades ainda não revelaram se o corpo encontrado poderá ser o de Alex Tyk, um jovem norte-americano que está desaparecido há mais de uma semana.

Jovem norte-americano desaparecido em Lisboa

Um jovem norte-americano está desaparecido desde a passada quinta-feira, 27 de junho. Alex Tyk foi visto pela última vez junto à discoteca Urban Beach, em Santos, Lisboa.

A notícia é avançada pelo Observador que dá conta de que o jovem ainda não foi dado como desaparecido junto das autoridades portuguesas. Os familiares de Alex Tyk, natural de Glenview, no estado norte-americano de Illinois, afirmam, nas redes sociais, que o jovem esteve na discoteca Urban Beach até às 3h30 da madrugada.

LEIA MAIS
Previsão do tempo para terça-feira, 9 de julho
Noite de touros em Coruche «foi a pior». Dois forcados e dois cavaleiros feridos

Impala Instagram


RELACIONADOS