Cabeleireiro de famosos foi morto após noite em bar gay

As autoridades do Cantão de Zurique, na Suíça, não têm quaisquer dúvidas.

Cabeleireiro de famosos foi morto após noite em bar gay

Cabeleireiro de famosos foi morto após noite em bar gay

As autoridades do Cantão de Zurique, na Suíça, não têm quaisquer dúvidas.

Ricardo Marques Ferreira, o cabeleireiro madeirense que foi morto à facada num quarto de hotel em Zurique, na Suíça, perdeu a vida após uma discussão com um homem de nacionalidade brasileira que conheceu num bar gay na mesma noite.

LEIA DEPOIS

Previsão do tempo para terça-feira, 5 de novembro

Cenário de crime ainda está a ser investigado

«O contexto, o motivo e a forma exata como ocorreu a morte ainda estão a ser investigados pela Procuradoria e pela Polícia», referiu Erich Wenzinger, do Departamento de Justiça de Zurique, ao Correio da Manhã acrescentando que foi pedida ao tribunal a prisão preventiva do suspeito.

Segundo a mesma publicação, Ricardo Marques Ferreira era cliente habitual de um bar gay de Zurique e foi nesse mesmo bar que conheceu o homem que o matou. Os dois homens entraram juntos no hotel onde o cabeleireiro perdeu a vida, na madrugada da passada sexta-feira, e terão continuado a beber bebidas alcoólicas. Acabaram por se envolver numa discussão que levou outros clientes a queixar-se devido ao barulho. O corpo do madeirense apenas foi descoberto, por uma funcionária, pelas 14h00 do dia seguinte.

LEIA MAIS

Easyjet condenada a pagar multa de 125 mil euros

Porto chumba proposta de alteração do nome do Super Bock Arena Pavilhão Rosa Mota

 

Impala Instagram


RELACIONADOS