Berardo vai manter condecorações

O Conselho das Ordens Honoríficas (COH) vai reunir-se no dia 20 de dezembro para decidir as sanções aplicadas ao empresário madeirense.

Berardo vai manter condecorações

Berardo vai manter condecorações

O Conselho das Ordens Honoríficas (COH) vai reunir-se no dia 20 de dezembro para decidir as sanções aplicadas ao empresário madeirense.

Joe Berardo deverá ser alvo de uma repreensão – em pessoa ou por escrito – e manter as condecorações que recebeu do Estado português, avança, esta sexta-feira, 29 de novembro, o Jornal Económico que cita fonte próxima do processo.

LEIA DEPOIS

Empresário admite que se excedeu no parlamento

Conselho reúne-se a 20 de dezembro para decidir futuro de Berardo

Segundo a mesma publicação, o Conselho das Ordens Honoríficas (COH) vai reunir-se no dia 20 de dezembro para decidir as sanções aplicadas ao empresário madeirense. Joe Berardo foi condecorado pelo Presidente António Ramalho Eanes com o grau de comendador da Ordem do Infante D. Henrique, em março de 1985, e depois com a Grã-Cruz da mesma ordem, em outubro de 2004, que lhe foi atribuída por Jorge Sampaio.

Ex-presidente da Assembleia da República propõe repreensão

O ex-presidente da Assembleia da República, Mota Amaral, propôs a repreensão – em pessoa ou por escrito – no relatório final. A mesma fonte revela ainda ao semanário que Berardo vai manter as condecorações uma vez que a irradiação dos quadros da Ordem tem-se aplicado a personalidades com penas de prisão superior a três anos.

O empresário madeirense pediu o arquivamento do processo de retirada de comendas instaurado na sequência da sua ida ao parlamento em 10 de maio, de acordo com o requerimento de defesa a que a Lusa teve acesso.

Texto: Jéssica dos Santos com Lusa

LEIA MAIS

Coleção do empresário penhorada pelos bancos

Impala Instagram


RELACIONADOS