Bélgica confirma um português morto e dois desaparecidos em desabamento de escola [vídeo]

As autoridades belgas confirmaram que há um português entre as vítimas mortais no acidente de construção em Antuérpia.

Bélgica confirma um português morto e dois desaparecidos em desabamento de escola [vídeo]

Bélgica confirma um português morto e dois desaparecidos em desabamento de escola [vídeo]

As autoridades belgas confirmaram que há um português entre as vítimas mortais no acidente de construção em Antuérpia.

As autoridades belgas confirmaram hoje que há um português entre as vítimas mortais no acidente de construção em Antuérpia, Bélgica, e outros dois por encontrar entre os escombros do desabamento ocorrido de sexta-feira, como ontem noticiámos. “Dois mortos já foram confirmados. Um deles é um homem português e o outro é da Roménia. Mas continuam três pessoas desaparecidas, duas das quais também de Portugal. A terceira pessoa também é da Roménia”, afirmou um porta-voz da polícia belga às estações televisivas portuguesas no local, indicando que um outro português ficou ferido e está hospitalizado.

Sobre as hipóteses de sobrevivência das três pessoas que continuam por localizar na obra, o porta-voz da polícia confessou que “as hipóteses de eles estarem vivos são muito diminutas”, mas evitou alongar-se em comentários. “Só podemos ter a certeza quando os encontrarmos, mas já passou muito tempo e temos de ser realistas. Faremos tudo ao nosso alcance para os encontrar e talvez ainda haja alguma esperança, alguma hipótese de encontrarmos alguém com vida”, sublinhou.

A fonte das autoridades admitiu ainda que se pensava existirem cinco desaparecidos sob os escombros do acidente de construção de uma escola na cidade de Antuérpia, ocorrido na sexta-feira, mas um foi, entretanto, encontrado e outro dos trabalhadores já estava entre os nove feridos que foram levados para o hospital: quatro em perigo de vida, quatro em estado grave e um ferido ligeiro.

Na sexta-feira à noite, fonte do Ministério dos Negócios Estrangeiros adiantou que a informação recebida através do Ministério homólogo belga foi de que havia três cidadãos portugueses mortos, na sequência do desabamento, mas que, no local, após a chegada do embaixador e do encarregado da secção consular, a proteção civil local contradisse essa informação.

Impala Instagram


RELACIONADOS