«Tive dois bebés mortos dentro de mim durante duas semanas»

«Sei que muitas pessoas vão dizer que não são bebés, que são apenas embriões, mas para mim… são bebés! Eram os meus bebés!»

«Tive dois bebés mortos dentro de mim durante duas semanas»

«Tive dois bebés mortos dentro de mim durante duas semanas»

«Sei que muitas pessoas vão dizer que não são bebés, que são apenas embriões, mas para mim… são bebés! Eram os meus bebés!»

«Sei que muitas pessoas vão dizer que não são bebés. Que são apenas embriões. Mas para mim são bebés! Eram os meus bebés! Bom, tudo isto aconteceu quando engravidei pela primeira vez. Soube que estava grávida de gémeos, mas o médico alertou que algo “fora do normal” se estava a passar. Informou-me de que não se ouviam batimentos cardíacos, mas para lá voltar dali a uma semana para ver se tinham ou não desenvolvido e para ver se existiam boas novidades.

«Tinha de fazer aborto, caso o corpo não expulsasse os bebés»

«Passei uma semana angustiante! Sabia – e hoje tenho noção de que o médico tinha a certeza – que não havia nada a fazer. A bem da verdade, o médico queria ver se o corpo tratava de tudo de forma natural. Mas tal não aconteceu. Uma semana depois, lá estava eu, naquela marquesa e a ouvir que os bebés não estavam a desenvolver-se e que tinha de fazer aborto, caso o corpo não os expulsasse. Deram-me uns comprimidos para tornar o processo “mais rápido e eficaz” e andei assim mais uma semana. Foram as duas piores semanas da minha vida.

Continue a ler o testemunho desta mãe no nosso site Crescer

Impala Instagram


RELACIONADOS