Elevado número de bebés sem braços preocupa saúde pública

Ainda não foram encontradas explicadas para os bebés serem dados à luz sem braços ou mãos em França. A situação é preocupante em algumas regiões.

Elevado número de bebés sem braços preocupa saúde pública

Elevado número de bebés sem braços preocupa saúde pública

Ainda não foram encontradas explicadas para os bebés serem dados à luz sem braços ou mãos em França. A situação é preocupante em algumas regiões.

A Agência de Saúde Pública de França confirmou num relatório publicado no passado sábado, 6 de outubro, que há um «excesso de casos» de bebés a nascer sem braços ou mãos. Todavia, o organismo ainda não refere motivos que poderão explicar o problema.

LEIA MAIS: Xixi de bebé pode curar rins de adultos

As malformações de bebés sem braços na região da Bretanha, e o Loire-Atlantique, no oeste de França, já tem num número a ultrapassar consideravelmente a média nacional. As autoridades dessas regiões continuam a investigar. Ainda assim, o estudo aborda malformações entre os anos de 2007 e 2014. Entre 2009 e 2014 nasceram sete bebés sem braços ou mãos em Duillat, na região de Ain.

«Eu chorei e o meu marido desmaiou», descreveu Mélanie Vitry ao canal de televisão France 2,  mãe de menino que deu à kuz, sem um braço, há oito anos. O caso continua a chocar a França.

De acordo com algumas análises, não foi detectado qualquer «exposição comum à ocorrência dessas malformações». A Agência de Saúde Pública continua atenta, apesar do protocolo ser bastante complexo.

Na ausência de uma história e de fatores claramente estabelecidos, surge a possibilidade da relação das grávidas com o meio ambiente.

Para  Emmanuelle Amar, especialista em epidemiologista,  há uma probabilidade considerável destas malformações terem sido causadas pela exposição de mães a produtos fitossanitários – como por exemplo pesticidas – durante a gravidez. «Estamos diante de um possível escândalo de saúde pública», disse a especialista ao canal France Info.

No entanto, ainda não há provas suficientes para confirmar a relação entre as deformidades e esse tipo de produtos por parte das autoridades de saúde francesas.

LEIA MAIS: Mãe grava vídeo de despedida antes de entregar o bebé para adoção [vídeo]

Impala Instagram


RELACIONADOS