Bebé morre com queimaduras provocadas por incubadora

Bebé morre com queimaduras provocadas por incubadora

Bebé morre num hospital na Bolívia devido a queimaduras de terceiro grau provocadas por incubadora improvisada.

Um bebé morreu devido a queimaduras provocadas por incubadora improvisada num hospital na Bolívia. A mãe de 15 anos de idade afirma que o hospital não tinha equipamento adequado.

LEIA MAIS: Sérgio Conceição pede milagre para jogador que ia em avião que desapareceu dos radares

O incidente ocorreu, esta semana, num hospital na cidade de Warnes, em Santa Cruz, Bolívia. Segundo um comunicado de imprensa do vice-presidente boliviano, a unidade hospitalar não dispunha de incubadoras, pelo que colocaram o bebé perto de uma fonte de calor. O governo exigiu, no último sábado, saber quem são os autores do incidente e quer que estes sejam punidos.

«É muito chocante, existe o relato de que o bebé chorou durante horas, sofrendo as queimadoras e ninguém o assistiu. Como autoridade, mas também como cidadão, exigimos que sejam encontrados os responsáveis», afirmou o vice-presidente da Bolívia, Álvaro García Linera.

«Não se pode repetir este tipo de negligências.»

O secretário de Saúde do Governo de Santa Cruz, Oscar Urenda, declarou à imprensa na sexta-feira, que «não há dúvidas de que houve negligência ao improvisar uma incubadora tentando salvar a vida da criança».

«Improvisaram e improvisaram mal, agiram mal, sem cumprir os protocolos.»

As autoridades regionais estão a tratar do caso em cooperação com as autoridades judiciais.

LEIA MAIS: Previsão do tempo para quarta-feira, 23 de janeiro de 2019

Texto: Redação WIN - Conteúdos Digitais

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS