Bebé esquecida em carro morreu devido a insónias e cansaço da mãe

A bebé esquecida dentro do carro, em Lisboa, morreu devido a cansaço extremo e insónias da mãe. Gestora pode ser acusada de homicídio por negligência.

Bebé esquecida em carro morreu devido a insónias e cansaço da mãe

Bebé esquecida em carro morreu devido a insónias e cansaço da mãe

A bebé esquecida dentro do carro, em Lisboa, morreu devido a cansaço extremo e insónias da mãe. Gestora pode ser acusada de homicídio por negligência.

Constantes insónias e cansaço extremo terão levado a gestora, de 40 anos, a esquecer-se da filha, de dois anos, dentro do carro em Lisboa, em maio deste ano. A bebé acabou por morrer. Após ser ouvida pelos investigadores da Polícia Judiciária e de serem conhecidos os resultados da perícia psiquiátrica realizada à mulher, a PJ terminou o inquérito e propôs acusação ao Ministério Público. Assim, a mãe pode vir a ser responsabilizada criminalmente por homicídio por negligência e exposição ou abandono, avança o Correio da Manhã.

Mãe está de baixa desde então

Maria Pilar tinha dois anos e ficou esquecida no banco traseiro do carro durante seis horas. A mãe estava em teletrabalho e de manhã levou os dois outros filhos – de cinco e sete anos – à escola. Regressou a casa convicta de que tinha deixado a menina na creche, mas tal não aconteceu. Só à tarde, quando a empregada doméstica foi buscar as crianças, é que a família percebeu que a menina estava dentro do carro, à fome e à sede. O pai levou-a de imediato ao Hospital Santa Maria, mas a criança acabou por morrer. A gestora está de baixa desde o dia da tragédia.

LEIA AGORA
O que acontece a uma criança esquecida num carro
O que acontece a uma criança esquecida num carro [vídeo]
Num carro estacionado com os vidros fechados, a temperatura interna sobe 10 graus em apenas 5 minutos. Imagine o que é deixar uma criança fechada na sua viatura nestas condições. (… continue a ler aqui e veja o vídeo)

Impala Instagram


RELACIONADOS