Bebé brutalmente agredido pelos pais teve de amputar pernas

Bebé brutalmente agredido pelos pais teve de amputar pernas

Agora, a mãe adoptiva do bebé que tem agora quatro anos, quer que a justiça seja mais severa com os pais biológicos do menino.

Quando tinha apenas 4 anos, o bebé Tony, também apelidado de Bear (Urso), entrou no hospital  à beira da morte. Fora agredido pelos próprios pais e acabou por ficar sem as duas pernas.

O casal foi acusado de negligência para com o bebé e condenado a 10 anos de prisão

Agora, a mãe adoptiva do bebé que tem agora quatro anos, quer que a justiça seja mais severa com os pais biológicos do menino. «Ofensas de homicídio, homicídio culposo e danos corporais graves são sujeitas a sentenças máximas de prisão perpétua, e eu acredito fortemente que o equivalente deve aplicar-se quando uma criança morre ou é gravemente ferida», defende Jody Simpson, dizendo querer fazer justiça pelo sei filho.

LEIA MAIS: Pais matam filho de 4 anos em banheira de água a escaldar porque entornou cereais

A mãe adoptiva criou uma petição que apela a uma mudança na lei. Conta já com um total de 13 mil assinaturas.

LEIA MAIS: Pai condenado a prisão por alimentar os filhos apenas com bolos e coca-cola

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS