Autoridades sul-africanas travam entrada de 40 moçambicanos ilegais no país

As autoridades sul-africanas travaram a entrada ilegal de 40 moçambicanos naquele país, numa altura em que várias pessoas regressam após as festas de Natal e de fim de ano, anunciou hoje fonte oficial.

Autoridades sul-africanas travam entrada de 40 moçambicanos ilegais no país

Autoridades sul-africanas travam entrada de 40 moçambicanos ilegais no país

As autoridades sul-africanas travaram a entrada ilegal de 40 moçambicanos naquele país, numa altura em que várias pessoas regressam após as festas de Natal e de fim de ano, anunciou hoje fonte oficial.

“Já recebemos um total de 40 moçambicanos que por meios fraudulentos, não usando a fronteira oficial, tentaram entrar na África do Sul”, disse Armando Mata, chefe do posto fronteiriço de Ressano Garcia, em Maputo, citado pela Rádio Moçambique.

Tratam-se de 24 homens e 16 mulheres, com idades entre 23 e 54 anos, que “foram devolvidos ao país” através de Ressano Garcia, a maior fronteira entre Moçambique e África do Sul.

Armando Mata pediu que os cidadãos legalizem os seus documentos para que “não tenham transtornos” durante as suas viagens àquele país, referindo haver um trabalho coordenado entre a polícia de fronteira sul-africana e moçambicana para travar a imigração ilegal.

De acordo com a fonte, pelo menos 7.000 pessoas atravessaram hoje a fronteira de Ressano Garcia para a África do Sul.

LYN // LFS

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS