Autoridades portuguesas e espanholas retomam buscas por homem no rio Guadiana

As autoridades marítimas portuguesas e espanholas retomaram hoje, pelo quarto dia consecutivo, as buscas por um homem alegadamente desaparecido quando navegava numa embarcação de recreio perto da localidade de Alcoutim (Algarve), no rio internacional do Guadiana.

Autoridades portuguesas e espanholas retomam buscas por homem no rio Guadiana

Autoridades portuguesas e espanholas retomam buscas por homem no rio Guadiana

As autoridades marítimas portuguesas e espanholas retomaram hoje, pelo quarto dia consecutivo, as buscas por um homem alegadamente desaparecido quando navegava numa embarcação de recreio perto da localidade de Alcoutim (Algarve), no rio internacional do Guadiana.

O desaparecimento foi comunicado na quarta-feira por populares à Autoridade Marítima Nacional (AMN), depois de terem avistado a embarcação de recreio utilizada pelo homem à deriva e sem ninguém a bordo.

O homem, de 63 anos, de nacionalidade inglesa, vivia num veleiro fundeado perto de Alcoutim e, segundo as autoridades, foi visto pela última vez na segunda-feira, a bordo de uma embarcação de recreio que utilizava para se deslocar a terra.

As buscas decorrem ao longo de um troço de 25 quilómetros naquele rio que faz fronteira entre Portugal e Espanha, desde as povoações de Alcoutim (Algarve)/Sanlucar de Guadiana (Huelva) e a foz em Vila Real de Santo António/Ayamonte.

Nas operações, coordenadas pelo comandante do porto e da Polícia Marítima de Vila Real de Santo António, estão envolvidos meios marítimos dos dois países.

Segundo a agência de notícias espanhola EFE, as autoridades lançaram um alerta às embarcações que navegam na área para que transmitam quaisquer informações que possam levar à localização do homem.

JPC // VM

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS